Goldenergy,

Eficiência energética em edifícios residenciais: 5 medidas a implementar

Índice

A procura por soluções sustentáveis e eficientes no consumo de energia diário é uma prioridade cada vez maior da sociedade moderna, não tivesse ela um grande peso no orçamento familiar e na nossa qualidade de vida.

Por isso, também os edifícios desempenham um papel de destaque neste âmbito, abrindo mais uma janela de oportunidade para a implementação de medidas que vão ao encontro da eficiência energética.

Se quer perceber de que forma pode alcançar a eficiência energética em edifícios residências, espreite algumas boas práticas que lhe sugerimos e aprenda mais sobre como cada uma delas pode impactar positivamente o ambiente. 👇

Como é medida a eficiência energética de um edifício?

A eficiência energética de um edifício é medida através do seu Certificado Energético, no âmbito do Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios (SCE).

Na prática, este certificado é um documento que avalia o edifício com base numa classificação final que vai de A+ (ou seja, muito eficiente) a F (pouco eficiente).

Para calcular a eficiência energética dos edifícios residenciais são tidos em conta alguns fatores como:

  • A localização do edifício e a idade;
  • O isolamento térmico das paredes, janelas e coberturas;
  • A qualidade dos equipamentos e sistemas de climatização;
  • O consumo de água quente sanitária;
  • A iluminação artificial.

 

O certificado, além de mencionar os gastos energéticos da residência, ainda indicam quais as melhorias que devem ser feitas, para que os proprietários da habitação consigam melhorar a sua eficiência energética.

5 boas práticas para o alcançar

Há pequenas mudanças nos hábitos do dia a dia que podem muito bem fazer a diferença para alcançar a eficiência energética em edifícios residenciais.

No entanto, deixamos aqui algumas medidas que pode implementar, desde as mais fáceis até às que envolvem mudanças mais significativas, como alguma disponibilidade financeira. 😉

1. Instalar um sistema de energia solar

A implementação de fontes de energia renováveis é um passo significativo em direção a uma maior eficiência energética.

Por exemplo, a instalação de painéis solares fotovoltaicos no telhado ou a integração de sistemas de energia solar térmica podem fornecer uma fonte adicional de energia limpa e renovável. ☀️

Além de reduzir a dependência de fontes convencionais, este passo pode resultar em grandes poupanças a longo prazo, já para não falar na redução da pegada de carbono do edifício.

Se precisar de um parceiro para esta mudança, pode contar com a ajuda da Goldenergy. Garantimos um leque variado de vantagens, além de uma redução de até 50% na fatura da energia.

2. Adotar equipamentos de climatização modernos

Os sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado representam uma fatia considerável do consumo de energia em edifícios residenciais.

Por isso, ao optar por sistemas mais modernos e eficientes, como bombas de calor ou caldeiras de alta eficiência, pode reduzir significativamente o consumo energético da sua habitação.

Além disso, a manutenção regular e a adequada regulação dos sistemas são práticas essenciais para otimizar o desempenho e minimizar o desperdício de energia. E, no final do dia, vai ter um maior conforto térmico.

3. Melhorar o isolamento térmico

O isolamento térmico do interior das casas é muitas vezes negligenciado, ainda que seja um pilar fundamental na eficiência energética em edifícios residenciais.

Ou seja, investir em isolamento de alta qualidade nas paredes, telhados e janelas pode reduzir significativamente a perda de calor durante os meses frios e a entrada de calor na altura do verão.

Mais do que proporcionar conforto térmico aos moradores, esta mudança pode resultar numa diminuição da dependência de sistemas de aquecimento ou arrefecimento, o que na prática significa menos consumo de energia desnecessário e, consequentemente, uma fatura mais baixa para pagar todos os meses. 💰

4. Investir em eletrodomésticos de classe A+ ou superior

A escolha de eletrodomésticos eficientes em termos energéticos é crucial para reduzir o consumo de energia em casa, já que representam uma grande parte do consumo energético de uma habitação.

Por isso, quando estiver numa loja e não souber qual o eletrodoméstico que deve comprar, olhe bem para a etiqueta energética. Os eletrodomésticos com classificação energética A+ ou superior consomem menos energia durante o seu funcionamento, o que se traduz em pequenas poupanças no dia a dia.

Se quiser substituir os eletrodomésticos antigos e pouco eficientes, siga esta dica e escolha os modelos com classificação energética alta. No final das contas, vai começar a sentir os efeitos na carteira e não só.

5. Utilizar lâmpadas mais eficientes

A iluminação é outra peça-chave na eficiência energética dos edifícios residenciais.

Fazer a passagem para as lâmpadas LED de baixo consumo é uma ótima forma de reduzir o consumo de energia. E esta mudança é, possivelmente, aquela que requer menos esforços da sua parte.

A implementação de sistemas de iluminação inteligente, como sensores de movimento e temporizadores, ainda podem garantir que as luzes estão acesas apenas quando é preciso, evitando a utilização desnecessária.

Práticas simples como esta não só ajudam a poupar energia, como também prolongam o tempo de vida útil das lâmpadas. O que significa que não precisa de gastar dinheiro em novas lâmpadas tão cedo. 💡

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Na hora de procurarmos soluções para aumentar a eficiência energética das nossas casas, as janelas são um dos pontos essenciais...
A energia solar é uma fonte de energia inesgotável e amiga do ambiente, que se apresenta como uma alternativa para...
O setor automóvel encontra-se num ponto de viragem importante, por causa da aprovação de uma nova medida por parte do...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...