Goldenergy,

Isolamento de janelas: tipos e vantagens para a poupança e para o ambiente

Índice

Sabia que de pouco, ou nada, vale ligar qualquer sistema de climatização se não tiver um bom isolamento de janelas? Isto porque estas deixam de cumprir com uma das suas grandes funções, que é a de reter calor – ou frescura.

Ou seja, pode colocar os radiadores a funcionar no máximo, ou o ar condicionado a trabalhar nas temperaturas mais extremas, que não vai adiantar muito – uma vez que as janelas estão a deixar escapar todo o resultado do esforço destes aparelhos.

Se quer poupar nas faturas de luz e gás, a nossa dica é que aposte nesta medida eficiente. 😉

A regra de ouro é evitar o desperdício. Fique connosco e saiba mais sobre o tema.

Porque é que o isolamento térmico das janelas é importante?

Não é novidade para quem paga as contas de casa que os aumentos do preço da energia são uma realidade em todo o mundo – e em Portugal não é um diferente.

Por isso, torna-se inevitável pensar em formas de evitar desperdícios e poupar nas faturas de eletricidade e gás natural. Seja para manter a casa aquecida por mais tempo nos dias frios, ou para garantir que se mantenha fresca nas alturas em que o calor já se faz sentir, o raciocínio é o mesmo: é preciso encontrar formas de tornar a casa mais eficiente.

E será que sabe qual é uma das regras básicas para alcançar este objetivo? Sim, exatamente: o isolamento de janelas, que é o mote deste nosso artigo.

Veja todas as informações e dicas úteis para decidir, de uma vez por todas, fazer esta aposta.

Tipos de isolamento de janelas

Há mesmo imensas formas de isolar as suas janelas – umas mais básicas, outras mais sofisticadas, uma escolha que tem impacto direto nos níveis de eficiência.

Pode, por exemplo, fazer o isolamento simples e económico, sem grandes ajudas profissionais, ou apostar em medidas que garantem mais sucesso no combate ao desperdício. De todas as formas, em qualquer situação, as cortinas e os estores são sempre ótimos complementos, e uma ajuda extra para garantir que retém mais calor ou frescura dentro de casa.

Entre os tipos de isolamento de janelas mais económicos, encontramos as fitas de calafetagem, as fitas em borracha adesiva, o enchimento profissional (com pasta de poliuretano ou mastique) e os rolos (também conhecidos como chouriços). Para resultados mais eficientes, que significam também um investimento maior, temos as janelas de vidro duplo. Se está a construir ou a remodelar uma casa mais antiga, deve ter esta solução em conta.

Fitas de calafetagem

As fitas de calafetagem prometem ser uma solução económica e bastante simples de aplicar – mas a sua durabilidade, face a outros tipos de calafetagem, é mais reduzida.

O isolamento de janelas com fitas de calafetagem funciona através de auto-adesivos, que podem ser comprados de forma fácil em lojas especializadas. As fitas podem ser aplicadas em qualquer tamanho de janelas, uma vez que são cortadas à medida.

Basta medir as suas janelas, cortar as fitas ajustadas à sua dimensão e colar em todas as extremidades – por onde, bem sabemos, o ar passa mais facilmente.

São eficazes a reter as temperaturas exteriores e a evitar que as exteriores entrem em casa, além de serem uma solução que não compromete o aspeto estético das suas janelas. No entanto, são difíceis de remover e, se houver essa necessidade, é provável que deixem marcas e resíduos de cola.

Fitas em borracha adesiva

Em termos de facilidade na aplicação e de preços, são praticamente idênticas às fitas de calafetagem. A diferença está no material do qual são feitas, a borracha – que garante níveis de eficiência ligeiramente melhores.

Como desvantagem deste tipo de isolamento, temos a parte estética: as fitas de borracha são mais visíveis.

Enchimento profissional

Este tipo de isolamento de janelas, bastante económico, é indicado para resolver situações mais específicas, como quando as janelas apresentam fissuras. O enchimento profissional, de mastique ou poliuretano, faz um isolamento total nas zonas onde é aplicado, mas fica visível. É provável que tenha de solucionar este problema estético com uma pintura.

Como aplicar? Com uma pistola própria para o efeito, que encontra facilmente em lojas especializadas.

Rolos

Os rolos, tão vulgarmente conhecidos como chouriços, são ótimos aliados contra a perda de calor ou de frescura. São super económicos e fáceis de encontrar para compra, não precisam de processos de instalação ou aplicação, e garantem ser um plus no combate ao desperdício energético.

Quantos de nós, com o aquecimento ligado e o ambiente quente, passamos por uma porta ou janela e sentimos algum ar frio a entrar? É exatamente aí que os rolos fazem magia: basta colocá-los na parte inferior, a tapar todo o comprimento da janela (ou da porta), e já está. Para minimizar o seu efeito no que diz respeito à estética do ambiente, pode optar por revesti-lo com tecido decorativo.

Janelas de vidro duplo

Para quem pretende um isolamento realmente mais eficiente, que seja o mais eficaz possível, a solução deve passar pela instalação de janelas de vidro duplo – uma medida que se pode tornar ainda mais eficiente se optar por instalar janelas duplas, com vidro duplo em cada uma delas. Ou seja, vai criar não uma nem duas, mas sim quatro barreiras contra a perda de calor ou frescura do interior da casa.

É uma aposta ganha, dada a eficiência que garante, mas não é barato. É boa ideia pensar nesta solução quando está a planear uma grande remodelação ou a construir casa.

Qual é o aspeto do isolamento das janelas, dependendo do material?

Quanto à aparência, tudo vai depender do sistema de calafetagem que utiliza para isolar as extremidades – uns são mais visíveis, outros mais discretos. Se optar por um serviço profissional, vai conseguir obter as melhores sugestões de sistemas e materiais indicados. Se for fazer por si, nada como pedir orientação numa loja especializada.

Isolamento para janelas de correr

Por norma, as janelas de correr trazem de origem sistemas de vedação da passagem de ar específicos e que são bastante difíceis de substituir – como as tiras com escova. Por esta razão, é aconselhado pedir uma ajuda profissional e não se meter em trabalhos de “faça você mesmo”.

Como isolar janelas de madeira

A madeira, por melhor que seja, está sempre sujeita a ficar afetada com o passar dos anos – quer pelas condições às quais esteve exposta, quer pela invasão de insetos. Por este motivo, é sempre uma boa ideia verificar cuidadosamente o estado das suas janelas antes de optar por qualquer tipo de isolamento.

É provável que tenha de reparar alguns pontos mais fracos, como fissuras, para que possa prosseguir com a ideia de reforçar o isolamento. Para as fissuras, deverá usar o enchimento profissional (espuma de estuque ou de poliuretano) e esperar que dilate e seque completamente. De seguida, é provável que tenha de pintar ou aplicar verniz na madeira, para só então passar à fase de calafetagem com tiras adesivas simples ou em borracha. O resultado estético depende sempre da forma como o trabalho é realizado e do material de calafetagem escolhido – já vimos antes, por exemplo, que a borracha é mais visível.

Isolamento para janelas de alumínio

As tiras de calafetagem em PVC são uma boa solução para as janelas de alumínio. Além de serem menos visíveis do que as tiras de borracha, são muito simples de aplicar.

Se tiver janelas de correr, pode escolher as tiras que não necessitam de cola ou parafusos – são inseridas diretamente no trilho.

9 vantagens do isolamento de janelas para a eficiência energética

Tornar as janelas mais eficientes, através de medidas de isolamento térmico, é sinónimo de, pelo menos, 9 vantagens que não deveria deixar escapar – quer para a poupança nas suas faturas de energia, quer para o planeta.

Vamos ver que vantagens são estas?

  1. Mais conforto térmico nos interiores.
  2. Menos situações de infiltração de ar e de água.
  3. Melhor qualidade de vida. 😀
  4. Menos desperdício energético.
  5. Menor consumo de energia.
  6. Redução das fatura de luz e/ou gás natural. 😀
  7. Redução da emissão de dióxido de carbono – fundamental para gerar energia elétrica.
  8. Menos dependência energética.
  9. Maior eficiência energética dos imóveis.

Se quer reduzir o consumo de energia aí de casa e, ao mesmo tempo, contribuir para a diminuição da sua geração, deve ponderar escolhas que tornem a sua casa eficiente.

Isto inclui o isolamento de janelas, claro, mas também outras muitas medidas que pode e deve ter em consideração – como consumir energia 100% verde da Goldenergy e investir em sistemas de energias renováveis, como os painéis solares. Para estes casos, a Goldenergy tem soluções que encaixam bem no seu orçamento. 😀

Fale connosco e vamos conversar sobre como pode poupar dinheiro e energia ao planeta. 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Quando falamos de dar as melhores dicas para tornar mais simples a sua vida aí em casa, a Goldenergy está...
Sabia que para carregar um carro elétrico fora de casa – ou seja, na rede pública de carregamento – é...
“Olá, o meu nome é Yolanda Hopkins. Eu sou surfista e normalmente represento a Seleção de Surf nacional. Agora também...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...