Goldenergy,

Energia solar térmica: vamos perceber como funciona e quais as vantagens

Índice

Não é novidade para ninguém que o Sol é uma importante fonte de energia e que precisa de ser cada vez mais aproveitada para que possamos expandir a produção e o consumo de energias sustentáveis. Esta é, aliás, uma das formas de lutar contra as mudanças climáticas e todas as suas consequências.

Nesse sentido, e como a Goldenergy é uma empresa que se preocupa com esta importante causa, procuramos sempre trazer ao nosso blog temas referentes às energias verdes, sobretudo à energia do Sol, para que todos se mantenham muito bem informados e cientes de como é possível mudar o mundo.

Quem acompanha o blog regularmente já deve ter lido, por exemplo, sobre a energia solar fotovoltaica, certo? Mas, se ainda não leu, aproveite a oportunidade para se informar e, quem sabe, instalar na sua residência painéis fotovoltaicos que possam gerar esta energia para o autoconsumo da sua família.

Assim, dando continuidade ao tema do aproveitamento da energia solar, resolvemos trazer, neste novo artigo, a energia solar térmica, conhecida internacionalmente como CSP (Concentrated Solar Power). Vamos explicar como funcionam suas centrais elétricas e quais são as suas principais e grandes vantagens.

Isto quer dizer que, depois de ler este conteúdo, o nosso leitor vai saber tudo sobre a energia solar térmica. Desejamos-lhe uma excelente leitura!

O que são centrais de energia solar térmica?

As centrais de energia solar térmica são instalações industriais nas quais a radiação da luz solar é utilizada para gerar energia elétrica.

Estas instalações absorvem a radiação solar para aquecer um fluido, normalmente água. Com este fluido quente, é gerado um vapor que, por sua vez, é o responsável por acionar a turbina conectada a um gerador. Assim é gerada a eletricidade.

Nesse sentido, podemos dizer que o funcionamento de uma central solar térmica é semelhante às termoelétricas, que precisam de um vapor para funcionarem e gerarem energia. No entanto, o que diferencia uma da outra é a fonte de calor utilizada para essa produção de eletricidade. Enquanto numa central solar térmica utiliza-se a energia do Sol, na central termoelétrica são muitas vezes utilizados combustíveis fósseis, como o carvão mineral.

Convém mencionar ainda, antes de prosseguirmos, que para além das centrais, que vamos abordar neste conteúdo e que produzem energia em larga escala, a energia solar térmica também pode ser produzida em pequenos sistemas residenciais. Nesse caso, a energia é utilizada para aquecer a água utilizada no ambiente, como nas torneiras e nos chuveiros. Dito isto, vamos regressar às centrais de energia solar térmica.

Funcionamento de uma central de energia solar térmica

Como já referimos de forma resumida, o funcionamento de uma central de energia solar térmica dá-se a partir da captura da radiação solar que é utilizada no processo de geração de energia elétrica. Agora vejamos como isto ocorre, de forma mais detalhada!

A primeira etapa do processo, que é a absorção da radiação solar, ocorre através de espelhos, que são instalados nas centrais de energia. No entanto, não basta apenas que os espelhos captem a energia do Sol, é preciso que essa radiação fique concentrada num ponto receptor para que a temperatura da água (que gerará o vapor) chegue em seus níveis mais altos. Convém destacar que as temperaturas obtidas variam entre 300ºC a 1000ºC, sendo que, quanto mais alta for, maior será o desempenho termodinâmico da central.

Portanto, para concentrar a luz solar num ponto, os espelhos possuem orientação automática que apontam para uma torre central, na qual a água é aquecida. Toda essa superfície refletora, bem como o seu dispositivo de orientação, recebem o nome de heliostatos.

De seguida, após o armazenamento de energia solar, a água é aquecida e colocada em níveis muito altos de temperatura. É produzido um vapor capaz de girar as turbinas que estão conectadas ao gerador.

Por fim, o gerador produz a energia elétrica, que é distribuída através das redes de transmissão e distribuição até chegar aos seus consumidores finais.

Convém mencionar que a eficiência da central de energia solar térmica não está apenas associada à temperatura da água, como mencionado anteriormente. O seu desempenho também tem relação direta com as tecnologias que são utilizadas no sistema, bem como com as perdas térmicas que podem ocorrer ao longo de todo o processo. Portanto, é preciso tomar conta de todas estas questões para otimizar o funcionamento das centrais.

Vantagens da energia solar térmica

Como falamos no início deste conteúdo, a energia solar térmica pode contribuir em grande escala para a sustentabilidade do planeta e isso está diretamente relacionado com as enormes vantagens que ela apresenta. Por isso, listamos aqui os principais benefícios, para que não haja mais dúvidas sobre a importância de um investimento mundial neste sistema, assim como no fotovoltaico.

É uma energia renovável

Uma das principais vantagens da energia solar térmica é o facto de ser totalmente renovável. Isto quer dizer que é uma fonte de energia que possui capacidade de se renovar e se repor no meio ambiente constantemente e em escala de tempo humana.

Portanto, ao contrário da energia não renovável, que é finita, a energia renovável não corre esse risco, sobretudo a proveniente do Sol.

É uma energia limpa

Para além de ser renovável, a energia solar térmica é limpa. Nesse sentido, não emite gases poluentes como os GEEs (gases de efeito estufa) para o meio ambiente, ao contrário das fontes de energia de origem fóssil.

Sendo proveniente de uma fonte limpa, a energia solar térmica contribui positivamente para conter o avanço da intensificação do efeito estufa e das mudanças climáticas, que são fenómenos que trazem consigo diversos problemas, como: degelo das calotas polares, aumento da temperatura mundial, períodos de secas mais prolongados, tempestades mais intensas, inundações, ondas de calor, nevões, tsunamis, entre outros acontecimentos.

Convém mencionar que estes fenómenos têm colocado em risco a vida do planeta e precisam de ser revertidos o quanto antes.

Geração de emprego locais

A produção de energia elétrica a partir de fontes renováveis costuma gerar empregos locais, a exemplo da energia solar térmica. Isto porque são necessários trabalhadores que possam atuar na implementação e na operação e manutenção das centrais.

Assim, é natural que haja uma oferta maior de empregos no país que investe nestas energias, o que, consequentemente, também contribui para a movimentação da economia local. Logo, as centrais de energia solar térmica trazem importantes vantagens para o crescimento económico da região.

Menor dependência dos países exportadores de energia

Muitos países precisam de importar determinadas energias para uso interno, como o petróleo e o gás natural. Isto porque não conseguem produzir ou, simplesmente, o que produzem não é suficiente para alimentar toda a população.

Nesse sentido, ao investir na produção de eletricidade interna através de fontes renováveis, como é o caso da energia solar térmica, o país é obrigado a exportar uma menor quantidade de energia, o que é um importante avanço para a redução da dependência energética.

Fornecimento de energia para todos

Em muitas situações, áreas rurais e/ou isoladas sofrem com limitações de energia elétrica para consumo. A chegada da eletricidade a esses lugares pode ser mais difícil, sobretudo quando as centrais de energia estão muito longe das regiões.

Em contrapartida, as centrais de energia solar térmica podem ser implementadas próximas dessas localidades, uma vez que dependem apenas da radiação solar para funcionar. Logo, é possível suprir a necessidade de eletricidade que não seria viável ocorrer de uma outra forma.

E então, o que achou destas importantes descobertas sobre a energia solar térmica e as suas centrais? Provavelmente, após este conteúdo, tenha ficado muito mais clara a importância da produção e da utilização desta energia sustentável para o futuro do planeta, certo?

No entanto, embora as centrais de energia solar térmica apenas possam ser implementadas por grandes empreendimentos, saiba que cada um de nós pode usar a energia do Sol para contribuir para a sustentabilidade e para a utilização consciente dos recursos naturais.

Nesse sentido, uma boa ideia é instalar painéis fotovoltaicos na sua residência para aproveitar a radiação solar e produzir energia elétrica para o autoconsumo. Com isto, além da contribuição para o meio ambiente, ainda se reduzem os gastos com energia elétrica. Isso pode ser excelente!

Por isso saiba que a Goldenergy é uma empresa que, além de entregar energia elétrica produzida a partir de fontes limpas, ainda comercializa painéis solares para que os próprios clientes possam gerar a sua própria eletricidade.

Além de tratar de todo o processo de instalação, a Goldenergy ainda apoia na inscrição do cliente no Programa de Apoio Edifícios +Sustentáveis do Fundo Ambiental para que esse possa melhorar ainda mais a sua residência e a sua relação com o meio ambiente.

Faça a adesão fácil pelo site ou ligue para 800 500 292 e conte com a Goldenergy para construir ainda hoje um futuro mais verde.

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Se acha que estes equipamentos, a par de outros como o micro-ondas, são alguns dos vilões que mais pesam na...
Quem nunca assistiu a um programa de TV onde eram construídas casas em apenas uma semana? 🙂 Este verdadeiro feito...
Está a pensar apostar num sistema de climatização eficiente e moderno? Quer saber quais as vantagens e desvantagens dos aparelhos...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...