Goldenergy,

Termóstatos Digitais: pequenos aparelhos, grandes poupanças no aquecimento

Índice

Os termóstatos digitais estão cada vez mais presentes no nosso quotidiano mas há ainda muitas famílias que não sabem o que é este equipamento e quais são as suas reais funções.

Para que possa chegar a informação a cada vez mais pessoas, explicamos porque é que os termóstatos têm um papel importante na poupança de energia elétrica e, consequentemente, na contenção das mudanças climáticas.

Neste artigo vamos abordar quase tudo sobre os termóstatos digitais: o que são, para que servem, a sua relevância para a poupança doméstica e para o desenvolvimento sustentável do planeta, onde são utilizados e os principais tipos de termóstatos.

O nosso objetivo é que os leitores possam escolher equipamentos mais eficazes e que atendam às suas necessidades económicas e de consumo, seja em residências, indústrias ou comércios. Continue esta leitura com a Goldenergy e aprenda a tornar a sua instalação muito mais eficiente!

O que são os termóstatos digitais?

Para responder a esta questão, em primeiro lugar precisamos de definir o que são termóstatos. Tratam-se de equipamentos utilizados para medir e controlar a temperatura de um determinado aparelho, sistema ou ambiente. Esta regulação, por sua vez, deve ocorrer automaticamente.

Isto quer dizer que a função de um termóstato é manter a temperatura de um equipamento, sistema ou espaço devidamente estabilizada, com o objetivo de evitar grandes variações.

Dito isto, podemos afirmar que os termóstatos digitais possuem essas mesmas características e funções. No entanto, o que é que os difere de outros tipos de termóstatos (como o mecânico, por exemplo) é o facto de utilizarem sensores eletrónicos para realizar o controlo da temperatura.

Nesse sentido, os sensores eletrónicos mais comuns utilizados nos termóstatos digitais são os termístores e termopares. Os primeiros consistem em itens que sofrem variações na resistência elétrica conforme a temperatura. Já os segundos são equipamentos que utilizam um conjunto de dois filamentos metálicos de materiais diferentes, que registam a mudança do potencial elétrico das suas pontas.

Assim, é importante saber que os termóstatos digitais são equipamentos muito mais inteligentes e que desempenham funções adicionais à sua principal finalidade.

Quando mencionamos que os termóstatos estão presentes no quotidiano das famílias, falamos mesmo a sério! Eis os equipamentos que contam com termóstatos:

  • Frigorífico;
  • Ar condicionado;
  • Ferro de engomar;
  • Forno, entre outros.

Convém mencionar que este equipamento também pode estar inserido isoladamente num espaço, ou seja, não apenas no interior dos aparelhos. Neste caso, o seu objetivo é regular a temperatura do ambiente em que está inserido.

Tipos de termóstatos

Naturalmente, existem diversos tipos de termóstatos, como os analógicos e os digitais. Ainda dentro desta última categoria (digitais), existem alguns subtipos, que podem ter atuações mais ou menos eficazes ao regular a temperatura no interior de um sistema.

Conhecer cada um destes modelos é importante para que se possa manter uma temperatura adequada no ambiente e/ou para que os seus equipamentos tenham um bom desempenho.

No entanto, como há mesmo muitos tipos de termóstatos, listamos os 3 mais utilizados: programável, sem fios e analógico. Assim poderá conhecer melhor cada um deles.

Termóstato programável

O termóstato programável é um dos tipos de termóstatos digitais mais procurados no mercado. Isto porque permite que o utilizador programe tempos fixos ou variáveis para ligar ou desligar o aquecimento de um equipamento, sistema ou ambiente. Além disso, possibilita que se determine a temperatura ideal para cada um desses intervalos de tempo.

Ou seja, o térmostato programável é um equipamento que garante flexibilidade ao utilizador, sendo ideal para sistemas em que a temperatura deve ser precisa e diferente em distintos intervalos.

Logo, a sua aplicação é muito comum nas indústrias, onde cada uma das etapas dos processos requer uma temperatura específica.

Mas convém mencionar que não são apenas estas características que tornam o termóstato digital programável num dos mais utilizados. Também se destaca por ter um preço muito competitivo e por ser de fácil utilização e programação.

Termóstato sem fios

O termóstato digital sem fios, por sua vez, é um equipamento de deteção e regulação da temperatura móvel. Ou seja, não precisa de fios para se conectar a um aparelho ou sistema.

Nesse sentido, o seu funcionamento ocorre através de um receptor de radiofrequência, que é conectado ao item cuja temperatura se deseja controlar.

Naturalmente, algumas das suas principais vantagens é que podem ser facilmente transportados e que não possuem fios, que acabam por comprometer o visual “clean” que se pretende dar a um espaço.

Convém mencionar ainda que este termóstato não chega a ser o oposto do programável. É possível encontrar um termóstato digital programável e sem fios, características reunidas que tornam a sua utilização ainda mais satisfatória.

No entanto, é considerado o oposto do termóstato digital com sonda, que contém fios para que se possa conectar e funcionar.

Termóstato analógico

Por fim, o termóstato analógico é uma das versões mais simples de termóstatos. Consiste num interruptor que liga e desliga o aquecimento segundo a diferença entre a temperatura ambiente/equipamento e a definida pelo utilizador.

Portanto, quando a temperatura ambiente ou do equipamento está inferior àquela definida pelo utilizador, então o termóstato analógico liga o aquecimento. Já quando se atinge a temperatura desejada, então o equipamento envia um sinal para cessar o aquecimento.

Em geral, pode-se dizer que o termóstato analógico é menos confiável do que o digital. Obviamente, não deixa de cumprir o seu papel, mas a sua eficiência é consideravelmente inferior à dos modelos digitais.

Qual é a utilidade de um termóstato digital programável para aquecimento?

O termóstato digital programável para aquecimento é frequentemente utilizado para regular a temperatura de ambientes, como os industriais e residenciais.

Neste caso, permite que se alcance a temperatura e a sensação de conforto térmico, principalmente durante o inverno.

Isto quer dizer que um termóstato digital para aquecimento central, por exemplo, pode ser instalado num ambiente, como a sala, para garantir que os ocupantes do espaço se sintam mais à vontade em relação à temperatura.

No entanto, convém mencionar que, mais do que isso, o termóstato consegue impactar positivamente as tarifas de eletricidade. Desliga sempre que a temperatura ideal é atingida, o que impede o consumo desnecessário de eletricidade.

Ou seja, ter um termóstato digital programável para aquecimento permite que o seu imóvel apresente uma eficiência energética considerável, sobretudo nos períodos em que é necessário ter mais aquecimento no ambiente.

E como consequência dessa diminuição no consumo energético, torna-se possível também contribuir para a sustentabilidade do planeta. Enquanto se consome menos eletricidade, menor será a sua necessidade.

E, como já se sabe, existem processos de geração de energia elétrica que utilizam recursos não-renováveis e que agridem o ambiente. Portanto, a diminuição da necessidade de eletricidade diminui a sua produção e, consequentemente, a libertação de gases com efeito de estufa.

Assim, utilizar os termóstatos digitais é uma excelente escolha!

Agora que já sabe que os termóstatos digitais podem contribuir consideravelmente para a diminuição no consumo de eletricidade, talvez esteja a considerar fazer este investimento, certo?

Saiba que a Goldenergy apoia todas as decisões que aliam a poupança dos clientes à sustentabilidade. Por pensarmos na climatização dos ambientes, apresentamos outras dicas para que possa poupar energia nessa época do ano.

Ao ler o nosso artigo Como poupar gás no aquecimento central em 5 passos, pode encontrar importantes dicas de poupança para aquecer o seu imóvel.

Comece já hoje a investir numa casa mais económica e a deixar a sua contribuição para um futuro mais verde!

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Conduz ou quer conduzir um elétrico? Já pesquisou sobre apoios do Estado, vantagens da condução, benefícios para o meio ambiente...
O Regulamento da Mobilidade Elétrica em Portugal (RME), publicado e vigente desde 2015, pela Entidade Reguladora de Serviços Energéticos (ERSE),...
Neste artigo a Goldenergy explica-lhe o que é e como funciona o kit de bombeamento de água com energia solar....

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...