Goldenergy,

Como instalar um carregador de veículo elétrico em casa?

Índice

Quer saber como instalar um carregador de veículo elétrico? Também lhe parece um desafio? Não se preocupe, não está sozinho. 😉

Com o aumento da procura de carros elétricos, muitos são os portugueses que já começam a considerar a mudança definitiva para a mobilidade elétrica. É o seu caso? Se aí desse lado há dúvidas que ainda o deixam de pé atrás, está no sítio certo. Vamos esclarecer tudo sobre este tema. 💪

Fique a saber o que diz a lei sobre o assunto e o que é preciso para a instalação.

Existe um regulamento para instalar carregadores de veículos elétricos?

Quando o assunto é instalar carregadores de veículos elétricos, existem obrigações que devem ser cumpridas. E o Decreto-Lei n.º 101-D/2020 estabelece as regras e requisitos técnicos indispensáveis às infraestruturas que considerem ter uma estação de carregamento de baterias de carros elétricos. 

De forma geral, os edifícios devem respeitar uma série de condições para a instalação de uma infraestrutura de carregamento segura e eficiente. Esses requisitos dizem respeito a:

Planeamento

Os edifícios devem ser projetados para fornecer uma potência mínima necessária para o carregamento de veículos elétricos, tendo em consideração a tipologia do edifício (habitação, comércio e serviços, ou misto). Além disso, devem ser previstos suportes, como condutas e caminhos de cabos, para possibilitar a instalação futura de pontos de carregamento em parte ou na totalidade dos lugares de estacionamento.

Instalação

Instalar um carregador de veículo elétrico exige seguir um passo a passo com regras definidas. A instalação das infraestruturas deve estar em conformidade com as normas técnicas de instalações elétricas de baixa tensão, seguindo as diretrizes estabelecidas no Guia Técnico da DGEG e outras legislações e normas nacionais ou comunitárias pertinentes.

Ajustes

É essencial assegurar as condições ideais de segurança e funcionamento das infraestruturas, recorrendo a testes e, posteriormente, fazendo os ajustes necessários.

Controlo

As infraestruturas devem integrar sistemas de contagem de energia e controle de carga. Em determinados casos, é ainda necessário que sejam compatíveis com a integração num sistema de gestão técnica de energia.

Como instalar um carregador de veículos elétricos

A instalação pode ser feita de forma independente ou com a ajuda de profissionais qualificados. Afinal de contas, não há maior garantia de segurança do sistema do que quando é realizado por um profissional qualificado, certo? Já para não falar de que está a par de todos os requisitos associados à instalação dos carregadores elétricos. 😀

Então, o primeiro passo deve ser a avaliação do sistema elétrico (comum a qualquer tipo de habitação). É necessário garantir que há capacidade de suportar mais um consumo, neste caso o carregamento da bateria do carro, e perceber se o sistema atual não irá ficar sobrecarregado. Por isso, é importante verificar se o carregador e a potência do quadro elétrico são compatíveis.

Genericamente, a instalação propriamente dita faz-se em 3 passos: a montagem do suporte de carregamento, a ligação dos cabos elétricos e, por fim, a configuração de todo o sistema de carregamento. Após a instalação, é importante certificar-se de testar o carregamento para garantir que tudo está a funcionar corretamente.

A opção de carregamento mais aconselhada é o modo 3, que corresponde ao carregamento mais rápido. Mas é necessário verificar qual é a potência que contratou. Dependendo do seu caso atual, tem de avaliar se é ou não necessário fazer um aumento de potência.

E dependendo da tipologia da habitação, ainda deve prestar atenção a estes detalhes. Ora, veja. 👇

Numa casa unifamiliar

Caso viva numa casa unifamiliar, instalar carregador de veículo elétrico será uma tarefa relativamente simples.

Se tiver uma garagem, é possível ligar a estação de carregamento à sua rede elétrica. No entanto, na ausência de um local coberto para estacionar o seu carro, existe a opção de instalar o carregador ao ar livre. 

Apesar de esta alternativa ser mais dispendiosa, estes carregadores são projetados para suportar condições mais adversas, incluindo chuva, vento e frio, por exemplo. 

A melhor opção para carregar o carro elétrico em casa é optar por instalar uma wallbox, que é nada mais nada menos do que um carregador doméstico, instalado na parede, que permite fazer uma melhor gestão da energia da rede na hora de carregar a bateria do carro. 

E há opções para todos os gostos e necessidades. Se optar por esta solução, não se esqueça de ter em atenção o tamanho da bateria do seu veículo elétrico e da velocidade do carregador do próprio carro. São aspetos que vão influenciar a decisão final. 😉

Numa garagem comum

Instalar um carregador em condomínio requer outros cuidados, uma vez que o espaço da garagem é partilhado. 

Aliás, é importante confirmar se o sistema elétrico tem potência suficiente para o carregamento de carros elétricos no edifício, já que muitas vezes o sistema suporta apenas os gastos com iluminação comum e elevadores. 

Se o condomínio permitir a utilização de carregadores partilhados apenas por moradores do prédio, o carregamento de veículos elétricos será considerado um serviço comum do condomínio. 

O que é que isto quer dizer? O condomínio tem duas opções: pode escolher instalar um carregador partilhado, onde o consumo será refletido na fatura elétrica do condomínio; ou pode optar por instalar um posto ligado à rede pública MOBI.E, controlando o acesso apenas para residentes com cartão CEME. 

Neste último caso, os consumos são retirados da fatura da luz do condomínio e pagos individualmente por cada morador. Se o condomínio ligar o carregador à rede MOBI.E como um espaço privado, pode ser o Detentor do Posto de Carregamento (DCP), ou seja, vai ser o gestor da instalação de carregamento. No fundo, os custos adicionais com um Operador de Ponto de Carregamento (OPC) ficam a cargo do condomínio, libertando os moradores de pagarem mais taxas na fatura da luz.

Mas se tem uma garagem individual, em que o consumo elétrico tem ligação direta à sua casa e não à do condomínio, então o processo de instalação é exatamente como se vivesse numa moradia. Como o consumo é independente, não precisa de pedir autorização ao condomínio nem de partilhar a instalação com os restantes moradores. 

A Goldenergy não investe só na energia 100% verde. Também já está a apostar na mobilidade elétrica e prova disso mesmo é que já inaugurou a sua primeira estação de carregamento de carros elétricos.

Queremos juntar o melhor de dois mundos: aliar a mobilidade elétrica à energia solar. 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

A conhecida etiqueta energética já não é a mesma. Mais simples, clara e de fácil interpretação, assim é a nova...
Na Goldenergy somos amigos do ambiente e das famílias. Trazemos-lhe todas as dicas para reduzir a fatura da eletricidade de forma sustentável.
O micro inversor solar é compacto, fácil de instalar, muito potente e promove a mais alta eficiência dos sistemas de painéis solares fotovoltaivos.

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...