Goldenergy,

Mobilidade elétrica e incentivos: vale a pena ter um elétrico?

Índice

Sabia que o ideal da mobilidade elétrica vai muito para além da decisão de termos um carro elétrico para conduzirmos nas nossas viagens? O que nos move na busca de encontrar esta alternativa mais sustentável de transporte é o desejo de termos um futuro comprometido com o planeta.

Vamos entender o que é a mobilidade elétrica de facto? Como funcionam os veículos elétricos e qual será o seu papel no futuro? Quais são os incentivos com os quais podemos contar no que diz respeito a este tipo de mobilidade urbana? Fique connosco e vamos falar deste assunto. 🙂

A mobilidade elétrica: o que é?

Quando falamos em mobilidade elétrica estamos a tratar da utilização de veículos elétricos para transporte – ou seja, de veículos que são movidos através de um motor elétrico e que utilizam uma fonte externa de eletricidade para que possam funcionar.

A mobilidade elétrica não inclui apenas a versão mais “pura” dos veículos elétricos (Battery Eletric Vehicle – BEV), mas soma à conta ainda os veículos híbridos que são carregados através de fonte externa (Plug-in Hybrid Electric Vehicle – PHEV) e ainda os veículos que possuem um motor à combustão que lhes permite maior autonomia (Range Extended Electric Vehicle – REEV).

O ponto comum que encontramos entre as distintas definições de veículos elétricos e da mobilidade elétrica é o seguinte: utilizar a energia elétrica como combustível, uma vez que só esta garante altos níveis de eficiência e que, quando combinada com fontes renováveis de geração, reduz significativamente as emissões do temido CO2 na nossa atmosfera.

E os veículos elétricos híbridos que não usam fonte externa de carregamento de energia? São os chamados (HEV – Hybrid Electric Vehicle). Bem, estes são, geralmente, excluídos do conceito de mobilidade elétrica e a razão é simples: eles fazem uso, essencialmente, de alguma outra fonte de energia, reaproveitando parte dela através de motor elétrico combinado com um regenerador.

Saem estes veículos da lista, mas entram outros elementos considerados como parte da mobilidade elétrica.

Elementos essenciais à mobilidade elétrica

A mobilidade elétrica é vista como uma cadeia sistémica. Quando interconectados, são estes elementos reunidos que tornam viável a possibilidade de haver uma mobilidade sustentável.

São, assim, parte da mobilidade elétrica:

  • Veículos elétricos;
  • Toda a rede de carregadores;
  • Toda a infraestrutura relacionada com tráfego;
  • O fornecimento de energia, em si.

Os veículos elétricos

São muito falados e já os vemos a passear pelas ruas das nossas cidades. Mas, se não está familiarizado com o assunto, vamos explicar melhor o que são os veículos elétricos e qual a sua importância para o futuro. Acompanhe! 😀

O que é um veículo elétrico

Os veículos elétricos são aqueles que funcionam, principalmente, através da energia elétrica. Ao contrário dos veículos tradicionais, que utilizam um motor de combustão por álcool, gasolina ou diesel, os veículos elétricos necessitam de motores que se alimentam de eletricidade armazenada.

Nem todos os tipos de veículos elétricos funcionam da mesma forma. O motor elétrico usa uma bateria alimentada de energia recarregada através de fonte externa, por um cabo. Os chamados híbridos plug-in têm, em simultâneo, um motor elétrico e um motor a combustão. Há os veículos elétricos que não utilizam qualquer fonte de combustível líquido (100% elétricos) e aqueles que têm as suas células de combustível de hidrogénio (conhecidos exatamente como veículos à célula de combustível).

Os carros elétricos versus a poluição

Naquilo que diz respeito aos seus efeitos quanto à poluição do ar e à emissão de gases nocivos e que favorecem o efeito estufa, é preciso dizer que os veículos elétricos são bastante mais limpos e amigos do ambiente, face aos veículos convencionais – que funcionam à base de combustão interna.

E os elétricos são todos iguais neste sentido? Não. O que determina a redução ou a extinção da emissão de poluentes é o tipo de veículo elétrico.

E, então, qual veículo elétrico é mais amigo do planeta? Aquele cuja bateria é carregada, exclusivamente, através de energia renovável – como a energia 100% verde da Goldenergy, proveniente do sol ou do vento, por exemplo. Isto permite que as emissões de gases que aumentam o efeito estufa cheguem, praticamente, a zero. Ou seja, é uma emissão quase ou totalmente nula.

Quando um veículo elétrico é carregado através de energia fornecida pela rede convencional, a emissão desses gases é comparável à de um veículo que percorreu 43 km com apenas 1 litro de combustível no tanque.

Nem precisamos de fazer grandes cálculos matemáticos para perceber que os veículos elétricos, em qualquer situação, são bastante menos poluentes.

Compensa ter um carro elétrico?

Ainda que os veículos elétricos sejam mais caros, comparado com os preços dos carros convencionais e de motor a combustão, a sua manutenção em geral é bastante mais económica para o proprietário.

Para chegar ao resultado desta análise, basta olharmos para os custos inerentes à aquisição de combustível e dos seguros, sem falar nos valores cobrados pela sua manutenção técnica e dos impostos associados.

Veículos 100% elétricos são um ótimo exemplo. Ter um é sinónimo de garantir gastos reduzidos com combustível – porque, basicamente, a energia elétrica da qual se alimenta é mais barata do que a gasolina ou o diesel. Para além disso, o seu motor é composto por uma menor quantidade de peças, que resulta numa manutenção mais em conta.

Os incentivos para os veículos elétricos

Não poderíamos encerrar este artigo com melhores notícias. 🙂 Em 2022 os incentivos para os veículos elétricos duplicam em Portugal. Sim, leu bem. O dobro das vantagens relacionadas com os incentivos.

Vamos saber mais!

Já há alguns anos que o Governo oferece um pacote de incentivos para quem quer comprar um veículo elétrico no nosso país. E ainda que se admita que esses incentivos não durem para sempre, a verdade é que não existe uma data para que deixem de estar disponíveis. Por agora – e ainda por um tempo bastante razoável, a médio prazo -, estas vantagens continuam a fazer sentido manter. Boa! 😀

Para o ano de 2022 é esperado o dobro do incentivo à aquisição de carros elétricos, como já garantiu o Secretário de Estado e da Mobilidade. A previsão anunciada é de um apoio de, aproximadamente, oito milhões de euros. Recordemos juntos: em 2017 os incentivos não passaram de pouco mais de 2 milhões. No ano seguinte, 2018, passou para os três milhões de euros e em 2020 foram garantidos 4 milhões.

O incentivo abrange ainda a compra de velocípedes, elétricos e convencionais, motociclos de duas rodas e ciclomotores elétricos homologados na Europa e sujeitos à inserção de matrícula. Bicicletas de carga estão, de igual forma, incluídas nos apoios.

De salientar aqui que o programa de incentivos renovado com este valor duplicado está dependente da aprovação do Orçamento de Estado e respetiva publicação do despacho que serve para regulamentar a medida.

Como funcionam os incentivos

E como funcionam, na prática, o apoio de incentivo à compra de um veículo elétrico?

  • Os compradores particulares podem ter acesso a uma comparticipação de até três mil euros para a compra, e o custo total não pode exceder os 62.500 euros.
  • As empresas podem aceder ao apoio na compra de quatro veículos, embora o valor da comparticipação seja menos robusto: dois mil euros por veículo ligeiro de mercadorias.

Já no que diz respeito às bicicletas elétricas, ou aos motociclos, este apoio equivale a 50% do valor que é pago pela compra – máximo de 350 euros – e as empresas também têm este direito assegurado.

Em contrapartida, é exigido ao beneficiário do apoio/incentivo que mantenha a propriedade do veículo comprado por, pelo menos, 24 meses. Ficam ainda, neste período, impedidos de os exportar.

Já a pensar em ter um veículo elétrico na garagem? 🙂 O ambiente agradece e, depois do investimento inicial com a compra, o seu bolso também.

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Se acha que estes equipamentos, a par de outros como o micro-ondas, são alguns dos vilões que mais pesam na...
Quem nunca assistiu a um programa de TV onde eram construídas casas em apenas uma semana? 🙂 Este verdadeiro feito...
Está a pensar apostar num sistema de climatização eficiente e moderno? Quer saber quais as vantagens e desvantagens dos aparelhos...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...