Goldenergy,

Como calcular o consumo de energia? A Goldenergy faz as contas consigo

Índice

Já esteve a pensar no assunto e sabe que está na altura de fazer contas? Pare de adiar as suas poupanças e aprenda a calcular aquilo que gasta – e que economiza –  com a Goldenergy! 😉 Quem quer poupar nas faturas da luz não pode se deixar ficar apenas pela vontade de pagar menos: tem de reunir informação útil sobre onde e como economizar eletricidade (e euros) no final de cada mês. Saiba como calcular o consumo de energia e escolha a melhor tarifa Gold para si.

Porque é importante calcular o consumo de energia?

O consumo de eletricidade é o número que representa quanto de luz é utilizado num período específico. Este consumo é variável, de acordo com o perfil de consumo de cada habitação, mas é possível chegar a uma média calculada, tendo por base a potência dos nossos aparelhos eletrónicos e o número de horas que estão ligados por dia/semana/mês.

O consumo de eletricidade é, assim, representado através da unidade de referência kWh.

Para saber como calcular o consumo de energia deve, antes, entender porque é tão importante fazer as contas. 😉

Conhecer a média do seu consumo de energia permite estar atento às reais necessidades energéticas que apresenta. E o que é que isto significa? É simples: significa que pode contratar a melhor operadora e a melhor tarifa para o seu perfil de consumidor.

Com a tarifa adequada consegue poupar ao final de cada mês e sentir o impacto positivo no seu orçamento familiar.

Imagine, então, a poupança total que pode atingir num ano inteiro de faturas reduzidas! 😉

Como calcular a energia elétrica e o consumo de eletricidade em KWh

É uma tarefa que exige algum tempo e dedicação, mas que compensa bastante ao bolso de todos os consumidores.

Agarre no lápis e no papel, não esqueça a calculadora, e vamos começar a compreender como o cálculo do consumo de energia pode contribuir para as nossas finanças.

Factos para o cálculo do consumo de energia: o que devo ter em conta?

Em resumo bem simples, importa ter em consideração 3 importantes parâmetros para encontrar a nossa estimativa média de consumo de eletricidade.

  1. Quantos eletrodomésticos utilizamos no dia a dia, de forma regular.
  2. Qual a potência elétrica de cada um deles.
  3. Quantas horas estão em funcionamento por dia/mês.

Deve, de igual forma, lembrar que os nossos consumos também variam de acordo com as estações do ano. Por exemplo: é natural que com menos horas diurnas passemos a acender as luzes de casa mais cedo no inverno – e por mais horas.

Como devo calcular o consumo energético dos meus aparelhos domésticos?

Idealmente, para tornar o processo mais simples, deve dividir os eletrodomésticos e outros equipamentos eletrónicos em categorias.
Pode ter como base para esta divisão a sua função, por exemplo. Assim, divida os equipamentos entre as seguintes categorias de consumo energéticos: iluminação, climatização, AQS (Águas Quentes Sanitárias), Cozinha e Outros Equipamentos (computadores, televisão, aparelhos de som, etc.).

Sabia que a cozinha, com os seus eletrodomésticos todos, é normalmente o sítio da casa onde ocorrem mais consumos de eletricidade? O forno, o microondas, a máquina de lavar loiça e, claro, o frigorífico, são os grandes responsáveis.

No mesmo sentido, também a climatização do imóvel é capaz de significar grandes consumos de luz – e isto tem a ver, sobretudo, com a utilização de aparelhos de ar-condicionado e aquecedores elétricos.

Como posso calcular o consumo de energia de um aparelho eletrónico?

Se pensa que calcular o consumo de um eletrodoméstico é tarefa complicada, desengane-se: é bastante mais simples do que parece. Só tem de multiplicar a potência do aparelho (kW) pelas horas de utilização.

Vamos praticar para entender melhor? 😀

Imagine que tem uma placa elétrica e que a utiliza, mais ou menos, 30 horas por mês. A sua potência é de 1,35 kW. Agora, a Gold faz as contas consigo:

1,35 kW x 30 horas = 40,5 kW.

O consumo da sua placa, neste caso ilustrado, seria de 40,5 kW por mês. Este cálculo, quando feito para todos os seus aparelhos eletrónicos domésticos, permite encontrar a sua necessidade mensal de consumo e, assim, escolher a melhor potência a contratar,

Agora, para saber quanto os seus equipamentos energéticos consomem, em euros, basta multiplicar o número encontrado para o kW pelo preço do kWh descrito na sua tarifa contratada.

O cálculo do consumo de energia não corresponde à conta, o que faço?

Fez os cálculos ao pormenor e, ainda assim, as contas não batem certo com o consumo descrito na fatura? Calma, vamos tentar entender o que se passa. 🙂

Antes de mais, importa perceber que gastamos energia mesmo quando não estamos em casa e não temos os nossos aparelhos a funcionar. Isto quer dizer que se não adotarmos medidas de poupança no dia a dia não será possível perceber ao certo quanta energia, de facto, estamos a consumir – mesmo para as alturas em que não fazemos consumos conscientes.

Sabia que, por exemplo, os seus aparelhos eletrónicos consomem eletricidade em stand-by? Sim, mesmo que desligados, se estiverem conectados à tomada… Estão a trabalhar por si, mesmo que só dê conta disso quando chega a fatura da luz. O microondas é um excelente exemplo de consumos altos que podem ser evitados.

Também a classe energética dos seus equipamentos tem influência direta nas suas faturas – e, até, as lâmpadas que usa para iluminar a casa estão a interferir nos valores que paga ao final de cada mês.

Atente nas dicas de poupança de energia para garantir que os valores faturados correspondem ao seu cálculo de consumo médio. 😉

Como poupar energia em casa: 9 formas simples para colocar em prática já

  1. Troque as lâmpadas tradicionais por economizadoras ou LED.
  2. Quando comprar, escolha eletrodomésticos de classe energética superior – A, A+ ou A++.
  3. Não insista no modo stand-by dos seus aparelhos eletrónicos – quando não utilizar, retire a ficha da tomada.
  4. No congelador ou arca, evite que o gelo atinja camadas mais espessas que 3 centímetros.
  5. Ao passar a ferro, aproveite ao máximo o calor: mesmo acabado de desligar, o ferro ainda pode oferecer bons resultados ao engomar aquelas peças de roupa mais simples ou mais pequenas.
  6. Nos dias mais quentes, abra as janelas e ventile os ambientes, como forma de evitar ligar ventoinhas e aparelhos de ar condicionado – que, tantas vezes, podem mesmo ficar a descansar.
  7. Banhos? Menos demorados, se faz favor. 🙂 De 5 a 10 minutos é mais do que suficiente.
  8. Cores claras nas paredes! Nunca tinha pensado nisso? Então, reflita: quantas vezes preciso de ligar as luzes mais cedo ou de ligar mais luzes à noite, em ambientes com paredes de cores mais escuras?
  9. Por último e nunca menos importante, deixamos a regra de ouro que tanto estamos habituados a ouvir: desligar as luzes e aparelhos quando sai de um ambiente.

Ter maior consciência dos fatores que influenciam na poupança de eletricidade e/ou gás é um passo que vai permitir uma significativa redução das despesas com as faturas – e, quem não gosta de pagar menos? Para além disso, a redução nos consumos ajuda o meio ambiente, numa altura em que tanto precisa que estejamos mais atentos aos desperdícios de energia.

Já se ouve em todo o lado: a crise climática é uma realidade e é urgente. Cada um de nós tem um papel de destaque na redução de danos gerados ao planeta – e reduzir os consumos é um dos passos que devemos, todos, dar juntos.

Comece a calcular os seus consumos de energia para poupar em todos os sentidos e, ao mesmo tempo, compre energia amiga do ambiente – como a da Gold, que é 100% gerada a partir do sol, da água ou do vento. Conheça as nossas tarifas: uma delas é perfeita para si. 😉

Adira já à Gold e comece a pagar menos pelas suas faturas. 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Quando falamos de dar as melhores dicas para tornar mais simples a sua vida aí em casa, a Goldenergy está...
Sabia que para carregar um carro elétrico fora de casa – ou seja, na rede pública de carregamento – é...
“Olá, o meu nome é Yolanda Hopkins. Eu sou surfista e normalmente represento a Seleção de Surf nacional. Agora também...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...