Goldenergy,

O que gasta mais: aquecedor a óleo ou ventilador?

Índice

Se está à procura de soluções de aquecimento mais em conta e está indeciso se vale a pena optar por um aquecedor a óleo ou ventilador, chegou ao sítio certo.

Vamos esclarecer algumas dúvidas que possam estar a atrasar a tomada de decisão e perceber, afinal, qual deles é mais eficiente. ?

Como funciona cada sistema?

Os aquecedores a óleo e os ventiladores são dois dos sistemas de aquecimento mais populares em Portugal. E porquê? São práticos, têm um preço acessível e cumprem rapidamente com o objetivo a que se propõem: aquecer-nos. ?️

Como o orçamento das famílias é sempre uma preocupação, é natural que estas opções sejam as mais apelativas quando se dirige a uma loja. Por isso mesmo, importa perceber como é que cada um dos sistemas funciona antes de decidir comprar algum deles.

Ora veja.?

Aquecedor a óleo

Os aquecedores a óleo funcionam através do aquecimento de um óleo que circula por um circuito de tubos. O óleo quente é, então, transferido para uma série de elementos radiantes, que acabam por aquecer o espaço.

Estes aquecedores são eficientes, já que mesmo depois de desligados são capazes de manter o espaço aquecido. Já para não falar de que muitos deles são equipados com um termostato, que regula a temperatura desejada. Quando a temperatura ambiente atinge o nível configurado, o termostato desliga automaticamente o aquecedor.

No entanto, os aquecedores a óleo podem demorar algum tempo a aquecer um espaço, uma vez que o óleo precisa de aquecer antes de poder transferir calor para o ar.

Ventilador

Já os ventiladores caracterizam-se pela movimentação do ar.

Disponível em diferentes formatos, como modelos de pé, chão ou suspensos no teto, o ventilador oferece uma alternativa para quem procura eficiência energética. Mas, na verdade, este aparelho não é capaz de aquecer um espaço. Ele cria, sim, a falsa sensação de que o ambiente está com uma temperatura diferente, quando o que aconteceu na prática foi apenas a movimentação do ar.

Este aparelho é ideal se quiser usá-lo em diferentes divisões, porque é fácil de transportar. Claro, se não for a opção de teto.

Consome mais energia o aquecedor a óleo ou o ventilador?

A resposta a esta pergunta depende de diferentes fatores: o tamanho do espaço a aquecer, a temperatura ambiente e o tempo que o aquecedor a óleo ou ventilador fica ligado.

Afinal, o que gasta mais: aquecedor a óleo ou ventilador?

De um modo geral, os aquecedores a óleo tendem a consumir mais energia do que os ventiladores. Isto acontece porque precisam de aquecer o óleo, o que requer uma quantidade significativa de energia.

Mas atenção. Qualquer uma das opções pode ser um verdadeiro sugador de eletricidade. E vamos mostrar como isso pode acontecer facilmente. Até preparamos uns cálculos. ?

Então, vamos lá! Para este cenário, vamos recorrer à tabela de preços da Goldenergy e escolher uma tarifa simples, com potência contratada de 4,6 kVA (sem débito direto e sem fatura eletrónica).

No caso do aquecedor a óleo, imaginemos que tem um aparelho com uma potência de 2000 W e que o mantém ligado durante 8h por dia. Isto significa que vai consumir 16 kWh por dia. No final do mês, representará um consumo de 480 kWh.

Para chegar lá, basta aplicar esta fórmula:

Consumo kWh = (Potência do aparelho x Nº de horas em que está ligado) / 1000

Mas agora importa saber quanto é que isto pesa na carteira, certo? É aqui que vai precisar da segunda fórmula para saber quanto vai gastar no final do mês com o aquecedor.

Aqui vai:

Gasto mensal = Consumo kWh x Preço do kWh de eletricidade (valor da Goldenergy) x 30 dias

Ou seja, um consumo diário de 16 kWh a multiplicar pelo preço praticado pela Goldenergy – 0,1832€ -, multiplicando novamente por 30 dias, dá um total de cerca de 87,94€. ?

E no caso do ventilador? Se for um aparelho com 150 W, por exemplo, vai representar um consumo diário de 1,2 kWh, considerando exatamente as mesmas condições da simulação anterior. Quer isto dizer que, no final do mês, o consumo do ventilador representa 6,59€ na fatura da luz.

Portanto, se compararmos os gastos de imediato, claro que o consumo de um aquecedor a óleo é maior face ao ventilador. Mas não pode basear a sua decisão apenas nestes valores.

Em primeiro lugar, estamos a simular gastos apenas a contar com uma única divisão. No entanto, vai ser preciso aquecer outros espaços da casa e aí os valores sobem ainda mais, como já deve estar a imaginar.

Depois, lembre-se que o ventilador não consegue manter um espaço aquecido mesmo depois de se desligar, ao contrário do aquecedor a óleo. Como vê, há muitos fatores a pesar na balança na hora de escolher um sistema de aquecimento. Por isso, pondere bem todos os prós e contras e considere os ganhos e gastos, evidentemente, a longo prazo.

Se não está satisfeito com as tarifas do seu fornecedor de energia e ainda não é cliente Goldenergy, está na hora de falar connosco. Temos a certeza que lhe vamos apresentar a melhor proposta. ?

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Na hora de procurarmos soluções para aumentar a eficiência energética das nossas casas, as janelas são um dos pontos essenciais...
A energia solar é uma fonte de energia inesgotável e amiga do ambiente, que se apresenta como uma alternativa para...
A procura por soluções sustentáveis e eficientes no consumo de energia diário é uma prioridade cada vez maior da sociedade...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...