Goldenergy,

Como escolher um termoacumulador para a minha casa?

Índice

Estes aparelhos representam uma das possíveis escolhas que podemos fazer para aquecer a água da nossa casa, no caso de não termos instalação de gás natural canalizado. Para saber como escolher um termoacumulador há alguns pontos fundamentais a ter em consideração: a capacidade do seu depósito e a potência da sua resistência elétrica, para além da etiqueta energética.

Está a pensar nessa opção aí para casa? Então, olhos postos neste artigo, porque revelamos aquilo que deve ter em conta na altura de procurar por um termoacumulador.

Termoacumulador: como funciona?

Os termoacumuladores são equipamentos elétricos capazes de aquecer um determinado volume de água. Mas como? Através da sua resistência elétrica. Parece simples e, na verdade, é mesmo. 😀

O que, basicamente, os difere dos esquentadores convencionais, sejam eles alimentados a eletricidade ou a gás, é que este não é um sistema que funcione tão rapidamente. Ou seja, a água quente sanitária poderá levar algumas horas a estar disponível para a sua utilização.

Esta é, aliás, uma das principais razões para saber como escolher termoacumuladores – porque eles devem dar resposta às necessidades da habitação. É, por isso, fundamental que estejam “alinhados” com o perfil de consumo de água quente e que, claro, estejam bem ajustados para serem capazes de oferecer as melhores respostas.

Analise acertadamente qual será a capacidade, em litros, necessária para o consumo e qual é a potência da resistência elétrica disponível no imóvel – deve lembrar-se que haverá um custo extra a desembolsar para aumentar a potência de eletricidade que tem contratada.

De igual forma, é preciso escolher bem o local onde vai ser instalado o seu termoacumulador.

Vamos saber tudo sobre este tema com a ajuda da Goldenergy?

Como escolher termoacumuladores: fatores a ter em conta

Espaço onde será instalado

Antes de mais, devemos informar que, ainda que não seja muito complicada de realizar, a instalação de termoacumuladores deve mesmo ser uma tarefa executada por um técnico qualificado para este efeito. De uma instalação profissional  pode sempre esperar pela melhor fixação do equipamento, com as corretas ligações hidráulicas. Isto vai assegurar a eficiência do seu funcionamento. Não tente fazer sozinho.

Agora, vamos ao local da instalação: qual escolher? A verdade é qualquer espaço que tenha aí em casa pode ser aproveitado para ser o local que irá receber o termoacumulador – casas de banho, cozinha, etc. Até mesmo um armário posicionado ao alto pode ser boa ideia. Certifique-se apenas de que há uma tomada próxima e torneiras de água fria.

Capacidade em litros

Quando for à procura de um termoacumulador vai encontrar equipamentos com diferentes capacidades em litros. Para que este não seja um ponto confuso, deve conhecer o seu perfil de consumo.

Na altura da compra, terá de escolher entre termoacumuladores com capacidades que começam nos 15 litros, podendo chegar até aos 300 litros. Confuso? Ora, a escolha acertada será aquela que responda melhor às necessidades das pessoas que habitam no imóvel.

Podemos seguir a lógica da DECO e estabelecer uma necessidade de consumo de aproximadamente 40 litros por cada indivíduo. Se há duas pessoas a residirem no imóvel, deverá escolher um termoacumulador com capacidade de 80 litros. Para agregados com três ou quatro pessoas, o modelo indicado será de 120 e 160 litros, respetivamente.

Potência de resistência elétrica

Neste ponto há uma característica importante a destacar: a maior potência da resistência elétrica será sinónimo de ter água aquecida disponível mais rapidamente – mas é preciso considerar, também, a potência da instalação, ou seja, do quadro elétrico. Se comprar um termoacumulador com maior potência, terá de aumentar a potência contratada e isto vai traduzir-se num aumento da fatura da eletricidade.

Será, talvez, interessante contratar uma tarifa de energia bi-horária, quando se tem um termoacumulador. Isto porque, assim, a água será aquecida durante o período das horas de vazio – altura em que paga menos pela eletricidade.

Termoacumuladores smart

Existem no mercado opções de termoacumuladores que incluem a função smart. Mas o que é que isto quer dizer, exatamente?

Resumindo, a função smart permite que o termoacumulador seja capaz de “entender” os hábitos de consumo de água quente no imóvel. No fundo, os aparelhos com esta função aprendem a ajustar o modo como ativam a sua resistência e, assim, conseguem tornar mais eficiente o processo de aquecimento da água. Escusado será dizer que, para otimizar este processo, os hábitos devem ser realmente hábitos – ou seja, o perfil de consumo de água quente deve ter um comportamento estável. 😉

De nada vai adiantar comprar um termoacumulador com esta função se os hábitos de consumo não seguirem uma lógica constante.

Etiqueta energética

A etiqueta energética é importante e conta para a escolha. Atente que ela pode impactar, para cima ou para baixo, nos valores que paga pelos consumos. Compare sempre, de acordo com as suas necessidades.

Consumo anual

Ter um termoacumulador é um bom investimento, não haja dúvida – e falamos do planeta, mas também da sua carteira.

Sim, é verdade que existe um investimento considerável na compra, mas é também verdade que este é mais baixo face a outras opções de aquecimento da água.

E se também é um facto que exigem alguma despesa com a manutenção, podemos também dizer que, cada vez mais, devida à eficiência energética, são equipamentos que se desenvolvem mais eficientes de tempos a tempos – e eficiência, bem sabemos, é o mesmo que poder contar com alguma poupança com as faturas da eletricidade.

Saiba também como poupar eletricidade com o cilindro.

Sabia que um termoacumulador inteligente, os famosos smart, pode reduzir em até 30% o consumo da água? O resultado disto é uma economia de até 15% na conta da luz – e isto se falarmos de uma classe energética B.

Para conseguir uma boa poupança com a sua utilização, utilize sempre o aparelho programado na função ECO, que faz o ajuste automático das necessidades de aquecimento da água, de acordo com os hábitos de consumo.

Se o termoacumulador não apresentar esta função, regule a temperatura para a mais próxima possível daquela que utiliza – a temperatura que pretende para a água.

E, já agora, quando for de férias, desligue o seu termoacumulador.

Manutenção

Os termoacumuladores requerem uma manutenção regular para aumentar a longevidade, por exemplo, do reservatório de água. Em modelos equipados com ânodo de sacrifício, garanta que este é substituído com a devida regularidade, tendo em consideração a dureza da água da sua habitação. Uma consulta ao manual de instruções ou um contacto com o serviço de apoio a clientes da marca poderá ajudar a entender esta periodicidade.

Poupe na fatura de energia com a Goldenergy

Agora que já ficou a saber como escolher termoacumuladores que respondam às suas necessidades e que, ao mesmo tempo, sejam equipamentos amigos da sua carteira, deve ter em conta que grande parte da poupança em eletricidade está associada à opção de tarifa que tem contratada.

Se ainda não é um cliente Goldenergy, fale connosco através de um dos nossos canais diretos de comunicação, online ou por telefone. Temos os preços mais justos e a energia 100% verde que faltava.

Mude para a Gold e poupe. 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Preocupado com as faturas da energia? Sabemos que nunca foi tão urgente pensar em formas de pagar menos pelos consumos...
A autonomia dos carros elétricos é, e tem razão de ser, uma das maiores preocupações de quem quer comprar um...
Esta é uma questão que nos colocam muitas vezes: compensa ter baterias nos painéis solares? Sabemos que o consumo da...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...