Goldenergy,

Ruas do Porto mais emblemáticas (e todas as dicas para visitar a Invicta)

Índice

A Invicta é um destino idílico, ao mesmo tempo em que ferve cultura, movimento e gentes – as suas e as de todo o mundo. Quem passeia pelo nosso país tem, quase que obrigatoriamente, de a visitar – e para a conhecer é preciso caminhar pelos seus passeios históricos, experimentar a sua comida, observar a sua paisagem, sentir o vento e as mudanças de tempo. Para tornar mais fácil a vida do visitante, ou fazer as delícias bairristas dos que ali vivem, listamos as 5 ruas do Porto mais emblemáticas e que, por isso, são de paragem obrigatória. 😀

As 5 ruas obrigatórias do Porto (e as suas histórias)

1. Rua de Santa Catarina

Será a Rua de Santa Catarina a mais emblemática entre todas as ruas do Porto? A verdade é que se falarmos de compras, esta é mesmo a mais tradicional e onde podemos sentir a Invicta. E não importa a estação do ano, se faz sol ou chuva, pois esta rua está sempre preenchida de gente.

Por lá, ao longo dos seus 1500 metros, ouve-se música ao vivo, observa-se a atuação de artistas de rua, esbarra-se em turistas e em locais – e, com sorte, se passar por lá pela temporada de frio, vai poder deliciar-se com o aroma e o sabor das famosas castanhas assadas, tão tradicionais da “capital do Norte”.

Esta popular rua do Porto guarda alguns segredos do comércio tradicional, embora grande parte dos espaços comerciais já se tenha rendido a grandes marcas nacionais e internacionais – de moda, essencialmente. Se a pudéssemos descrever em poucas palavras, diríamos que os seus passeios integram um verdadeiro shopping a céu aberto, com a vantagem de estar mesmo no coração da Invicta.

O que por lá vai encontrar, para além de lojas tradicionais e populares: a Capela das Almas, a famosa igreja com fachada decorada de azulejos portugueses, e o Café Majestic, spot absolutamente obrigatório (e um bocadinho pesado para o bolso).

Curiosidade: o nome da rua está carregado de história e tem inspiração na Capela das Almas, erguida em homenagem a mártir cristã – e santa – que viveu no século IV, Catarina de Alexandria.

2. Rua de Cedofeita

A freguesia de Cedofeita é das mais tradicionais do Porto e a rua que leva o seu nome é um dos pontos que leva até ao coração da cidade, onde encontramos a Praça de Carlos Alberto – onde aos sábados de manhã pode desfrutar do Mercado Porto Belo, e comprar artesanato ao ar livre. Deste ponto temos a vista do edifício histórico da Reitoria da Universidade do Porto e da Praça dos Leões, com as suas fontes que emolduram o passeio e acompanham turistas e locais. Mesmo ali à beira, na rua das Carmelitas, vai poder visitar a Livraria Lello – a mais bonita do mundo e um monumento a não perder.

Praticamente toda a rua de Cedofeita é dedicada aos peões, ladrilhada de calçada portuguesa típica e repleta de lojas onde pode comprar o típico e o moderno.

Curiosidade: reza a lenda local que o nome da rua se deve à velocidade em que a Igreja de São Martinho (monumento do século VI ali localizado) foi construída. Cedofeita viria, então, do latim cito fata, que significa “cedo feita”.

3. Rua da Picaria

Ainda na freguesia de Cedofeita encontramos a pequenina rua da Picaria, destino popular para petiscar no Porto. Praticamente todos os edifícios contam com cafés e restaurantes abertos ao público no seu rés-do-chão e não faltam boas opções à mesa – desde iguarias locais a comida internacional, há um pouco de tudo na Picaria.

Curiosidade: a rua da Picaria era famosa no Porto pelos negócios de carpintaria ali instalados e, ainda hoje, podemos encontrar alguns estabelecimentos locais de venda de móveis e peças decorativas.

4. Rua de Passos Manuel

É uma das artérias portuenses que se cruzam com a bela rua de Santa Catarina e onde vai encontrar o Coliseu do Porto, com um palco tradicional na arte de receber concertos e peças de teatro.

À noite, pode desfrutar do bar e restaurante Maus Hábitos, de ambiente alternativo, ou comer uma  francesinha no Café Santiago. Também são famosas as francesinhas feitas no Lado B, também situado na rua de Passos Manuel.

A partir daí pode subir até ao Jardim de São Lázaro, passando pela Praça dos Poveiros, e encontrar a Biblioteca Municipal. Se tiver fome, aproveite para petiscar na tradicional Casa Guedes, famosa pelas suas sandes de pernil – e nem vai gastar muito com esta paragem.

Curiosidade: o nome desta rua é uma homenagem ao liberal Manuel da Silva Passos, ou Passos Manuel, tido como um verdadeiro herói do Porto. Entre os seus feitos históricos, destaca-se a criação da Academia Portuense das Belas-Artes, bem como da Academia Politécnica do Porto. É, de facto, um nome importante para a movimentação artística do seu tempo… E permanece, até hoje.

5. Rua das Galeria de Paris

Não haja dúvidas: esta é a rua mais concorrida da noite do Porto. Junto à Avenida dos Aliados, reúne hoje inúmeros cafés, bares, restaurantes e discotecas, onde no passado existiam galerias de arte importantes para a cidade.

O ambiente é descontraído e o hábito local é saltar de um bar para o outro, enquanto se bebe um copo e troca conversa. Nas noites em que há bom tempo, como as noites de verão, a rua enche-se de gente e pode ser difícil, até, caminhar livremente. É uma festa! 😀

Curiosidade: recebeu o nome de rua das Galerias de Paris no início do século XX, porque foi projetada para ter uma cobertura de vidro – à semelhança das famosas galerias parisienses. A construção envidraçada nunca saiu do papel, mas o nome transformou-se em história da Invicta.

Outras ruas do Porto por onde vai querer passar

Rua do Almada

Uma das artérias mais típicas do Porto, que tem início na Praça da República e acompanha, paralelamente, a deslumbrante Avenida dos Aliados. Ainda conserva alguns dos seus traços originais mais importantes, bem como as tradicionais lojas de ferragens que ali fazem história, mas a verdade é que a rua do Almada já viveu uma boa dose de renovação e é hoje morada de galerias, lojas, alojamentos locais, restaurantes… É, aliás, onde vai encontrar o famoso Hard Rock local.

Rua Miguel Bombarda

Este é um ponto popular da freguesia de Cedofeita, conhecido como o “bairro das artes”. Famosa por ser endereço de lojas de designers e de galerias de arte, a rua de Miguel Bombarda guarda ainda um spot que vai querer visitar: a Rota do Chá.

Destaque: as galerias de arte realizam, uma vez por mês, eventos simultâneos em que há várias exposições, bebidas e apresentações artísticas.

O que fazer nas ruas do Porto?

Falar nas ruas do Porto mais emblemáticas não significa dizer que estas são as únicas artérias a visitar – há tantas vistas, tantos caminhos e tanta cultura pela Invicta!

Passeie connosco um bocadinho mais. 😀

Lazer e tempo livre no Porto

Talvez queira começar o seu passeio pela foz velha e apreciar a vista para o mar. Subindo a avenida da Boavista, em direção ao Porto mais histórico, faça um pequeno desvio para conhecer o museu e os jardins de Serralves – não se vai arrepender. Continuando com destino ao coração do Porto, mesmo a chegar à icónica rotunda da Boavista, existe mais uma paragem obrigatória – afinal, há como falar no Porto e não indicar uma passagem pela imponente e moderna Casa da Música? Um edifício de design que, apesar de atual, é já uma das paragens mais icónicas deste destino. Pode ainda petiscar algo num quiosque ali à beira, no famoso e badalado mercado Bom Sucesso.

A descer um pouco mais, rumo ao centro, encontramos os jardins do Palácio de Cristal. Tem uma das mais belas vistas para o Douro e as suas pontes, para além de abrigar os seus verdes, pavões à solta e encantos mais escondidos, que se descobrem num passeio leve e sem pressa de acontecer.

Cada vez mais no coração do Porto, chegamos até outro ícone do turismo local. Subir à Torre dos Clérigos é um conselho que todos deveríamos seguir – locais inclusive. Must visit!

Pelo meio do caminho passamos por muitas das ruas do Porto que listamos acima, com maior ou menor desvio, até chegarmos ao Palácio da Bolsa. Mesmo antes de descer até à Ribeira do Porto, este espaço garante um respiro cultural sobre a história do nosso país. Logo ali à beira, a Igreja de Santo António é um deslumbre onde vai querer entrar.

E que tal passar pelo mercado local antes de sentar-se numa esplanada charmosa em plena Ribeira, com uma das vistas mais bonitas de Portugal? Por lá come-se bem, bebe-se bem, vive-se bem. Atreva-se um bocadinho mais, se conseguir descolar os olhos da vista, e atravesse a ponte até Gaia, onde vai encontrar as famosas caves de vinho do Porto, emolduradas pelos rabelos – os tradicionais barquinhos que, no passado, transportavam as barricas do aperitivo que leva o nome da Invicta.

Arriscamos dizer que sentar-se na ribeira de Gaia, de frente para o porto e as suas casas de mil cores, é sinónimo de observar, talvez, o cartão postal mais bonito deste destino nacional.

Restaurantes: onde comer no Porto

Este tema nunca se esgotaria, porque se há algo que se faz bem no Norte é comer – e no Porto não é diferente.

Pelas ruas da Baixa, depois do boom de novas aberturas que se viu nos últimos anos, há imensa opção – para todos os gostos, apetites e carteiras. Basta uma caminhada rápida pelas artérias principais (como a rua das Galerias de Paris e da Picaria) para que fique verdadeiramente em dúvida de onde se vai querer sentar e petiscar. Por serem mesas com bastante procura, é boa ideia marcar – pode fazer isto enquanto passeia de dia pela cidade.

Uma das cozinhas mais apreciadas no Porto é a dos mariscos – quer por quem visita, quer por quem lá vive. Se quer fazer uma refeição inesquecível numa marisqueira, vá até Matosinhos e Leça, onde não falta tradição de marisco.

E seria possível passar pelo Porto e não comer uma Francesinha? Há mil e uma opções, mas dizem as boas línguas que é boa ideia provar da que é feita no Café Santiago. 😉

Destinos de compras no Porto

Para as suas compras, e além da rua de Santa Catarina, poderá gostar de conhecer o comércio mais tradicional, instalado no coração da baixa portuense. As lojas espalham-se pelas artérias e movimentam a cidade ao longo de todo o dia.

Se a ideia é comprar arte, objetos decorativos e tendências contemporâneas, a rua Miguel Bombarda é o sítio certo. Se, no entanto, o que procura é algo mais popular e generalista, como os centros comerciais, há muito que visitar. O mercado Bom Sucesso também inclui opções de compras e é vizinho de dois centros comerciais bastante tradicionais, embora pequeninos – o Cidade do Porto e o Península.

Apanhe o metro e vá até ao Alameda Shopping (junto ao Estádio do Dragão) se quiser encontrar mais opções de lojas e fazer compras num local mais sossegado, ou vá até ao NorteShopping se quiser encontrar realmente de tudo. Um bocadinho mais para fora da cidade, em Leça da Palmeira, encontra o Mar Shopping e a sueca IKEA – conta com autocarros para chegar a este destino. Se estiver de carro e quiser comprar de grandes marcas a preços reduzidos, e não se importar de fazer cerca de 25km, vá até ao Vila do Conde Porto Fashion Outlet.

Goldenergy, com os portugueses em qualquer lado

O Porto é incrível e tem uma energia que nos move – e à qual ninguém fica indiferente. Claro está, a Goldenergy passeia por lá, tal como por cada canto deste nosso país. Estamos mais abertos do que nunca, com uma loja sempre perto de si.

Se ainda não é um cliente Gold, visite a nossa loja mais próxima ou contacte-nos por telefone, e-mail ou formulário de contacto do site. Saiba mais sobre as nossas tarifas de energia e descubra porque cada vez mais portugueses contam connosco para ter eletricidade e gás natural. 😀

Quem muda, muda para a Goldenergy. 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

É provável que já lhe tenha acontecido: está a fazer uma máquina de roupa enquanto aproveita para estar pela cozinha...
Sempre que se pensa num qualquer produto sustentável, é natural (e de forma quase instantânea), que nos lembremos dos painéis...
Realizar o carregamento de um carro elétrico na rede pública ou nos pontos privativos instalados por qualquer Operador de Ponto de...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...