Goldenergy,

5 cidades sustentáveis em Portugal: quais são e porquê

Índice

Em todo o mundo, no paradigma urbano, ser uma das smart cities reconhecidas é o novo objetivo a ser alcançado – e para as cidades portuguesas não é diferente. 🙂 A Goldenergy foi à procura e descobriu 5 cidades sustentáveis em Portugal.

Quais são? Para que servem? Porque são exemplos para todo o país? O que é que fazem para ter destaque? Como é que contribuem para o planeta e para as suas sociedades? Que questões procuram responder? Como têm um papel fundamental no combate às alterações climáticas, à exclusão social e à crise económica?

Imensas questões com respostas simples, que inspiram e dão energia para o futuro.

Vamos desvendar tudo? 😀

Quais são as 5 cidades mais sustentáveis em Portugal?

Ainda que o caminho se faça caminhando a várias velocidades, a realidade é que hoje já contamos uma mão cheia de cidades sustentáveis em Portugal – que recebem destaque, até, além fronteiras.

Lisboa, a nossa capital, é o maior exemplo delas, mas há outras quatro que importam nesta lista. 🙂 Vamos descobrir quais são? De acordo com estudo da Carbon Disclosure Projet (CDP), estas são as cidades mais sustentáveis em Portugal.

1. Lisboa

Eleita em 2020 como a Capital Verde Europeia, Lisboa recebeu o título internacional porque é um exemplo de cidade em transição para um futuro de sustentabilidade.

Conquistou a referência por ser uma cidade que estabeleceu e vem cumprindo vários objetivos relacionados com a eficiência energética e a neutralidade carbónica, nos mais diversos serviços da cidade: serviços de energia, de água, de mobilidade e de resíduos. Até mesmo as suas infraestruturas têm sido sido observadas como verdes e carregadas de biodiversidade.

Sabia que, por exemplo, Lisboa quer que 25% do seu território seja composto de espaços verdes? E que o seu objetivo é poupar cerca de 10% do consumo de água na cidade, através da reutilização da água não potável? Recentemente, a autarquia da capital lançou um desafio a todos os seus moradores, como forma de os convidar a interagir com a agenda de mudanças prevista para toda esta década, até 2030.

Também no quesito social e económico Lisboa tem procurado encontrar o seu lugar de destaque. Prova disto é o trabalho dedicado a encontrar um ponto de maior equilíbrio no setor do emprego: um dos grandes objetivos do município é aumentar o leque de oportunidades de emprego sustentável. E o que é que isto quer dizer? Basicamente, quer dizer que questões como discriminação, qualificação, bem como transparência na oferta e na contratação são algumas das prioridades em causa para esta presente década. Também o incentivo à procura dinâmica por oportunidades é um objetivo que tem sido trabalhado pelo governo da capital.

2. Cascais

Com o objetivo de se ver transformada numa verdadeira smart city ainda esta década, Cascais tem feito apostas relevantes na concepção e na renovação dos seus espaços urbanos. O desenvolvimento sustentável tem sido, aliás, uma das grandes missões do concelho.

O município de Cascais quer, por exemplo, reduzir os seus gastos com a iluminação pública e mexer na disponibilidade dos veículos que circulam para assegurar o transporte na cidade. É também uma meta, o desenvolvimento de soluções amplas para o seu território urbano, que priorizem os sistemas de gestão vocacionados para a promoção da eficiência nos mais diversos setores abrangidos pelas energias e pela mobilidade.

3. Porto

A Invicta tem estado focada em três pontos essenciais para a sustentabilidade: a transição energética, a mobilidade e a criação de serviços e produtos que sejam mais sustentáveis. A par disto, o município está comprometido com a divulgação anual de um relatório sobre as medidas de sustentabilidade adotadas.

No final de 2021, o Porto destacou-se como sendo uma cidade com altos índice de cumprimento das medidas programadas no âmbito da agenda das Nações Unidas para 2030. Este foi o 4º ano em que o relatório foi divulgado pela câmara da Invicta. No ano anterior, 2020, foram investidos 315 milhões de euros na transição para uma realidade mais sustentável – o montante mais alto de sempre orientado para esse destino.

Os programas municipais de mobilidade urbana, bem como os projetos implementados Revitaliza Porto e Porto de Tradição, foram alguns dos destaques entre as iniciativas locais para o alcance de uma realidade mais sustentável. O projeto de cuidado com as pessoas em situação de rua – os sem abrigo – também está na lista de ações que encaminham o Porto no sentido de ir de encontro com os objetivos das Nações Unidas.

Entre as muitas iniciativas que se podem ver no Porto, ganham destaque a aposta na (re)criação de espaços mais verdes e o Porto Energy Hub – que surge para oferecer apoio especializado a projetos que promovam a eficiência energética e as energias renováveis, com o objetivo de mitigar a pobreza energética e promover melhores condições de habitabilidade na região Norte.

4. Guimarães

Também em 2020, a cidade de Guimarães foi distinguida como uma das “100 Cidades Inteligentes” da Europa – um prémio que lhe foi atribuído pela Comissão Europeia.

Para esta década o município pretende ser um verdadeiro “Laboratório de Futuro” e, para isso, está a trabalhar afincadamente em projetos que visam transformar os doze setores públicos mais desafiantes para os centros urbanos, como o setor das energias, da água, da mobilidade, da habitação, do emprego, dos resíduos, etc.

5. Aveiro

A cidade de Aveiro também merece o seu devido destaque enquanto uma das cidades mais sustentáveis em Portugal – e muito se deve à iniciativa local “Aveiro Tech City”, que pretende usar a tecnologia como um meio para alcançar melhorias importantes na qualidade de vida dos seus cidadãos, bem como ajudar as suas entidades de governação a ser capaz de recolher e divulgar informação que seja relevante sobre as muitas e novas formas de gerir uma cidade.

O foco da iniciativa está diretamente relacionado com os temas da sustentabilidade, como são exemplos as áreas da educação, da cultura, do meio ambiente e da mobilidade.

Medidas de planeamento urbano sustentável em Portugal

O conceito da sustentabilidade urbana consiste, basicamente, na construção e no desenvolvimento de cidades com foco no não esgotamento dos seus recursos.

O objetivo principal é trabalhar na promoção do bem estar da população e no cuidado com a preservação do planeta, a longo prazo. Para isso, são estabelecidas algumas medidas gerais, como:

  • Fazer uma utilização mais eficiente dos nossos recursos naturais;
  • Produzir resíduos de forma mais eficiente;
  • Melhorar as condições de habitabilidade das pessoas;
  • Amenizar os problemas de cariz social;
  • Promover os sistemas de saúde;
  • Promover as oportunidades económicas;
  • Adequar o modo de vida e as necessidades à real capacidade do planeta – ou seja, dos ecossistemas presentes localmente, regionalmente e globalmente.

As orientações nacionais

Foi já em 2015 que Portugal viu publicada a sua Estratégia Cidades Sustentáveis 2020 – que, em resumo, foi a concretização de um conjunto de opções estratégicas para o desenvolvimento mais sustentável das nossas cidades.

O documento constituiu-se como sendo uma lista de boas referências, uma espécie de guia orientador, para que os municípios portugueses, bem como outros agentes urbanos, pudessem criar e direcionar as suas ações de sustentabilidade voltadas para o desenvolvimento do território.

É verdade que, chegados já a2023, na prática, não vemos uma transformação relevante e efetiva na generalidade dos casos. Por esta razão, e por procurar maior avanço nesta área ao nível local e não só, o Governo divulgou este ano um novo documento, que estabelece um compromisso renovado: a Estratégia Nacional de Smart Cities, que visa acelerar o desenvolvimento dos nossos municípios.

Os objetivos centrais do documento são:

  • Assegurar que haja uma visão integrada das diversas dimensões a serem trabalhadas;
  • Guiar um modelo de governação que se estabeleça como mais ágil e e que seja transversal;
  • Assumir e seguir os alinhamentos propostos (a nível local e regional, além de nacional);
  • Ter a sustentabilidade como foco, seja ela ambiental, social ou económica;
  • Promover o desenvolvimento de políticas centradas no cidadão, que sejam inclusivas;
  • Envolver a sociedade na transição.

 

E quais são os desafios?

1 – As nossas cidades são cada vez maiores e mais populosas, com uma necessidade crescente de maior número de edifícios para habitação e negócios. Cerca de 65% da nossa população vive nos centros urbanos.

2 – Somos já 8 mil milhões de pessoas no mundo. Sim, o aumento da população mundial é também um fator de peso e que impacta nas nossas cidades – que recebe cada vez mais estrangeiros e negócios.

3 – O aumento da desigualdade social.

4 – A degradação natural do ambiente e do património.

5 – A poluição atmosférica.

Sustentabilidade Goldenergy: presente sempre

O tema da sustentabilidade já está na ordem do dia também para si? E, ao contratar energia, porque não manter as suas escolhas sustentáveis? Opte por comprar eletricidade e gás natural a quem melhor entende de renováveis – a eletricidade que levamos até si é 100% verde, inteiramente gerada a partir da água, do vento ou do sol. 😉

Ainda não é nosso cliente? Fale connosco e adira já aos nossos serviços, descubra os nossos preços mais justos e ajude recursos ao planeta.

O nosso futuro é verde… E o seu?

O amanhã faz-se agora. Mude hoje para a Gold! 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

É provável que já lhe tenha acontecido: está a fazer uma máquina de roupa enquanto aproveita para estar pela cozinha...
Sempre que se pensa num qualquer produto sustentável, é natural (e de forma quase instantânea), que nos lembremos dos painéis...
Realizar o carregamento de um carro elétrico na rede pública ou nos pontos privativos instalados por qualquer Operador de Ponto de...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...