Goldenergy,

Como carregar o ar condicionado do carro? As melhores dicas

Índice

O ar condicionado é, sem dúvida, um dos luxos modernos mais apreciados pelos condutores. Sem ele, as viagens de carro em dias de maior calor seriam menos suportáveis, verdade? 🥵

Por isso é preciso garantir que no verão, em particular, ele está pronto para refrescar as suas viagens sem qualquer problema. E para o manter a funcionar corretamente e de forma eficiente, é importante fazer uma visita regular ao mecânico, para fazer a tão necessária manutenção.

Se não sabe ao certo como carregar o ar condicionado do seu automóvel, não se preocupe, porque vamos esclarecer algumas das dúvidas mais comuns para ficar a par do assunto.

Porque é que o ar condicionado deve ser carregado?

Com o passar do tempo, é natural que o sistema do ar condicionado do carro comece a perder a sua capacidade de refrigeração.

E porque é que isto acontece? Então, o uso diário do automóvel e do ar condicionado leva a um desgaste previsível das peças. Com isto, começam a surgir pequenas fugas do fluído de refrigeração, provocando uma redução da eficiência. Se existe um nível de refrigeração abaixo do recomendado, o que vai acontecer é uma redução do fluxo de ar frio capaz de baixar a temperatura no interior do carro.

Por isso, é necessário carregar o ar condicionado de tempos a tempos. E se acha que o carregamento tem impacto apenas no bom funcionamento do sistema do ar condicionado, engana-se! Mais à frente explicamos como a falta de manutenção pode afetar a eficiência do sistema. 😀

Quando se deve carregar o gás do ar condicionado?

Regra geral, o tempo ideal para se carregar o ar condicionado é a cada 2 anos ou a cada 40.000 km. Uma boa dica também é fazer esta revisão na primavera. E porquê? Assim vai garantir que entra com tudo pronto para fazer frente ao calor da estação mais quente do ano.

Contudo, esta indicação pode variar em função dos carros. Por isso, deve aconselhar-se sempre junto da marca para ter a certeza de quando o deve fazer.

Claro que esta sugestão assume que não existe, à partida, qualquer tipo de problema com o funcionamento do sistema no decorrer desse tempo. Ou seja, sempre que perceber uma diminuição da refrigeração do ar condicionado, procure ajuda para resolver a questão o quanto antes. Vai-lhe poupar tempo e aborrecimentos no futuro!

Eis os sinais que indicam que o ar condicionado pode precisar de ser carregado:

  • Ar menos frio: se o ar que está a sair do ar condicionado está mais quente do que o habitual, então pode indicar que chegou a hora de carregar o gás do ar condicionado;
  • Fluxo de ar fraco: a ventoinha pode estar no máximo e ainda assim o fluxo de ar estar baixo. Se isto está a acontecer, o sistema pode precisar de um novo carregamento;
    Aumento do tempo de resfriamento: o ar condicionado está a demorar mais tempo a arrefecer o ar dentro do carro? Pode ser mais um sinal a indicar que é necessário carregar o ar condicionado.

Quem pode fazer a manutenção do ar condicionado?

A tarefa de carregar o gás do ar condicionado deve ser confiada a um profissional qualificado, quem realmente sabe o que está a fazer. Não fosse este um trabalho técnico que requer conhecimento sobre o assunto. 😉

O melhor mesmo é procurar uma oficina com mecânicos especializados em sistemas de climatização, onde pode carregar o ar condicionado auto. Desta forma, consegue garantir que os procedimentos indicados pela marca estão a ser respeitados. Ao entregar a tarefa a um profissional de confiança, pode ficar descansado em relação a problemas de mau carregamento.

Mas estava a considerar fazer sozinho? Siga o nosso conselho, não vale a pena! É um processo simples e rápido. Não precisa de correr riscos ao tentar poupar mais uns euros.

Carregar o ar condicionado afeta a eficiência: sim ou não?

Sim, o carregamento do ar condicionado tem um impacto significativo na eficiência do sistema. Não sabe como? Ora veja:

Vidros e frio

Em dias mais frios, o ar condicionado é uma boa ajuda no combate ao embaciamento dos vidros. No fundo, acaba por perder menos tempo caso não tivesse o ar condicionado.

Vidros fechados, menos combustível

Embora não pareça, também ajuda a poupar combustível. Como? É simples: nos dias quentes, em que o ar condicionado não funciona e, por acaso, está a fazer uma viagem mais longa na autoestrada, vai ser obrigado a abrir as janelas do carro para conseguir sobreviver ao calor. Uma vez que o carro está a uma velocidade mais alta, a aerodinâmica do veículo acaba por ser afetada. 🚗

Quer isto dizer que o facto de as janelas estarem abertas faz com que se crie mais turbulência e, consequentemente, uma pressão maior do ar que é contrária ao movimento do carro. Daqui, acaba por resultar uma força de arrasto que age na direção oposta ao movimento do próprio automóvel.

Resumindo, esta força leva a um esforço redobrado por parte do motor para tentar combater a força do vento, ao mesmo tempo que tenta manter a velocidade.

Qualidade do ar

Sabia que ao carregar o ar condicionado também está a melhorar a qualidade do ar? Sim, é verdade! 😉

Muitas vezes, o sistema pode estar a acumular bactérias ou vírus e se estiver alguém no carro com alergias ou algum problema respiratório, então a viagem pode tornar-se num enorme desafio.

Por isso, ao carregar o gás do ar condicionado com a frequência certa vai estar a ajudar a renovar o ar, assim como a limpeza de todo o sistema.

Aliado a estes fatores, convém sempre lembrar que a revisão regular do sistema permite prolongar o seu tempo de vida útil, já que há um cuidado maior a evitar o desgaste do sistema provocado pelo mau funcionamento. Na hora de fazer viagens longas, vai sentir-se mais seguro e confortável.

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Impostos sobre o consumo de eletricidade: sabe quais são? Quem consome energias renováveis paga os mesmos valores? Quem analisa bem...
Ser sustentável no dia a dia não é sinónimo de mudanças drásticas nas nossas rotinas. Pelo contrário. Há muitos hábitos...
Com o aumento constante dos preços dos combustíveis, os condutores de carros a gasóleo (e não só) têm uma preocupação...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...