Goldenergy,

Ar condicionado portátil ou fixo: o que é melhor?

Índice

Está a pensar apostar num sistema de climatização eficiente e moderno? Quer saber quais as vantagens e desvantagens dos aparelhos disponíveis no mercado? Se respondeu que sim, então este artigo é para si. Fique a conhecer melhor as opções de ar condicionado portátil ou fixo e descubra qual será a melhor escolha a fazer. 😉

Ar condicionado: uma boa ideia todo o ano

Seja para resolver problemas relacionados com calor ou com frio, nas estações mais quentes ou mais frescas do ano, o ar condicionado é sempre uma boa ideia. Afinal, consegue arrefecer e/ou aquecer os ambientes, sendo muito útil durante todos os meses.

Mas será que esta vantagem se aplica aos aparelhos portáteis e aos fixos? Ou só a um deles? Descubra já a seguir. 😉

Portátil Vs Fixo: dias de calor

Quando o calor aperta, não existe uma solução milagrosa que seja eficiente e barata – uma ventoinha faz o ar circular, mas não reduz a temperatura do ambiente, por exemplo, e o ar condicionado passa a ser a melhor escolha (seja que modelo for, fixo ou portátil, cumpre sempre com o seu objetivo de tornar os espaços frescos e confortáveis).

No que diz respeito aos aparelhos portáteis, a sua utilização nos meses mais quentes do ano é particularmente simples: conseguem funcionar por longos períodos sem necessidade de esvaziar o depósito da água. Podemos dizer que pode passar todo um verão sem ter de realizar esta tarefa. No entanto, quando o assunto é aquecer no tempo frio, o cenário já se altera.

Portátil Vs Fixo: dias de frio

Se no calor os modelos portáteis são extremamente práticos e funcionais, nas alturas mais frias do ano não é bem assim.

Em resumo, podemos concluir de forma rápida que estes aparelhos de ar condicionados não são tão boa ideia para aquecer os ambientes – e as razões são várias:

  • ocupam mais espaço;
  • consomem mais energia;
  • enchem o depósito da água com pouco tempo de utilização (exigem quase que diariamente que se esvazie o depósito interior);
  • exigem que haja uma abertura para o exterior (isto torna-se particularmente desagradável porque passa a haver sempre uma corrente de ar fria que vem de fora).

Dito isto, deixamos o nosso conselho: se reúne as condições para instalar aparelhos de ar condicionado fixos, os modelos portáteis não valem a pena para si. São menos ruidosos, climatizam em menos tempo e são mais eficientes do ponto de vista energético.

Quando faz sentido ter um portátil? Se vive num imóvel arrendado e não foi possível negociar com o proprietário a instalação de um aparelho de ar condicionado fixo, ou se o edifício não permite a instalação por considerar como alteração da fachada.

Então, se não lhe é possível – ou mesmo se não quer investir um pouco mais ou se quer uma solução do dia para a noite -, então talvez o portátil seja aquilo de que necessita (especialmente se já tiver um sistema de climatização para os meses frios, como o piso radiante ou o aquecimento central – nesse caso, vai utilizar o ar condicionado apenas nas alturas de calor).

Diferenças entre aparelhos de ar condicionado portáteis e fixos

Ar condicionado portátil: principais características

Será que o ar condicionado portátil faz realmente muito ruído? E será que refresca o ar, de facto? Como é feita a sua instalação? E a manutenção? Vamos esclarecer tudo.

Sim, para começar a responder às principais dúvidas sobre estes modelos, podemos dizer que são mais ruidosos – em comparação com os modelos fixos. Refrescam/aquecem o ar, mas necessitam de mais tempo para cumprir a missão.

Instalação de um ar condicionado portátil

Os aparelhos de ar condicionado portátil podem ser instalados por qualquer pessoa, sem necessidade de qualquer obra ou de uma visita técnica. Na realidade, a sua colocação é simples e rápida e o único requisito é a necessidade de instalar o aparelho junto a uma janela ou porta para o exterior, por onde deverá passar o seu tubo que extrai o ar quente (ou frio).

Nem tão portátil assim…

Por ser obrigatório que esteja instalado junto a uma saída de ar para o exterior, a verdade é que estes aparelhos não são tão portáteis como gostaríamos. Para mudá-los de uma divisão para outra da casa, por exemplo, seria preciso retirar e voltar a instalar a placa ou rede que cobre a abertura da janela ou porta, por onde passa o tubo.

Para além deste inconveniente, há outra questão: o peso. São aparelhos bastante robustos e pesados – conseguem marcar uns 30kg na balança.

Ar condicionado fixo: principais características

Os principais prós a favor dos ar condicionados fixos: são mais eficientes e económicos, aquecem e arrefecem os ambientes de forma bastante rápida, ocupam menos espaço e produzem menos ruído. No entanto, como nem tudo são flores, há os contras: são mais caros, necessitam de instalação técnica, não são possíveis de mudar de sítio e exigem algumas condições de adaptação do espaço.

Instalação de um ar condicionado fixo

Os modelos convencionais de ar condicionado, os famosos split, precisam de ser instalados por profissionais especializados – e este serviço não é tão barato quanto se gostaria: os valores podem rondar os 250 euros, por unidade, dependendo do serviço técnico contratado.

Qual é o melhor ar condicionado: portátil ou fixo?

Consumo: portátil Vs fixo

Os aparelhos fixos consomem menos eletricidade e têm um impacto mais simpático na fatura da luz. Por isso, apesar de poder contar com o investimento inicial reduzido, se optar por um aparelho portátil, a realidade é que, a longo prazo, paga mais caro por esta compra.

Potência: portátil Vs fixo

Já falamos sobre este tema por aqui, mas não custa relembrar: o consumo de um aparelho de ar condicionado depende da sua potência  – ou, por outras palavras, dos seus BTUs. Quanto maior o número de BTUs, maior é a capacidade de aquecimento ou arrefecimento.

Por isso, deve comparar estes números, entre os diferentes modelos, a fim de perceber qual terá melhor desempenho no quesito potência.

Preço: portátil Vs fixo

Os ar condicionados fixos, de parede, podem custar algo entre os 500 e os 2500 euros. Já os portáteis, em média, custam menos do que o valor mínimo que pode ter de gastar para ter um modelo split – consegue comprar um com um investimento de (a partir de) 200 euros.

Dicas finais para escolher entre aparelhos de ar condicionado fixos e portáteis

4 questões-chave que deve responder

Antes de tomar uma decisão pela compra do ar condicionado fixo ou portátil deve fazer as seguintes perguntas, que deixamos de seguida.

  1. Vivo num imóvel próprio ou arrendado? Se arrenda a sua casa, vai precisar de acordar a instalação de um aparelho fixo com o proprietário. Se pagar do seu bolso e mudar de casa mais para a frente, aquilo que investiu fica no sítio de onde saiu e não pode levar consigo.
  2. Qual é a área que pretendo climatizar? Se pretende climatizar uma área grande, como uma sala de estar ou jantar, então os aparelhos portáteis não são os mais indicados.
  3. Procuro pouco ruído e baixos consumos? Os aparelhos portáteis são mais ruidosos e consomem mais energia. Tenha isso em consideração antes de decidir.
  4. Quero investir menos e ter uma solução rápida? Então, os portáteis são a sua escolha ideal: para além de significarem um investimento inicial mais reduzido, não exigem instalação por profissionais e basta dispor de uma horinha entre tirá-lo da caixa, instalar e por a funcionar.

Se vai comprar um novo eletrodoméstico para climatizar o ar aí de casa e já tomou uma decisão, lembre-se apenas que: tão importante quanto pesquisar preços e características, e escolher um aparelho eficiente, que consuma menos energia, é fazer a correta utilização – por isso, nada de desperdícios que pesem na carteira e para o meio ambiente. 😉

E não se esqueça de contratar energia da melhor forma: com a Goldenergy, claro. 😉 A nossa energia é mais barata, mais amiga do planeta e toda ela produzida a partir de fontes renováveis.

Ainda não aderiu à Goldenergy? Não espere mais: conheça os nossos tarifários. 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Conduz ou quer conduzir um elétrico? Já pesquisou sobre apoios do Estado, vantagens da condução, benefícios para o meio ambiente...
O Regulamento da Mobilidade Elétrica em Portugal (RME), publicado e vigente desde 2015, pela Entidade Reguladora de Serviços Energéticos (ERSE),...
Neste artigo a Goldenergy explica-lhe o que é e como funciona o kit de bombeamento de água com energia solar....

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...