Goldenergy,

Passadiços em Trás-os-Montes: top 8 a percorrer

Índice

Trás-os-Montes é um verdadeiro Reino Encantado, dos mais belos que se possam imaginar, já dizia Miguel Torga. Este Reino fica no nordeste de Portugal e, como lugar encantado que é, tem os recantos mais mágicos em locais difíceis de alcançar.

Mas com os passadiços que não param de surgir na região transmontana, é possível contemplar em segurança a beleza e magia destes lugares. Até então, muitos deles eram secretos e inacessíveis ou restritos apenas para os mais aventureiros. Serras, montanhas, rios, íngremes socalcos, aldeias preservadas, nascentes de água, castelos, fauna, flora e paisagens que não encontra noutro lugar do Mundo, assim é Trás-os-Montes de Portugal!

Neste artigo vai descobrir os 8 passadiços em Trás-os-Montes que o levam numa agradável caminhada até às maravilhas deste lugar e o que mais visitar nesta terra de encantar.

8 passadiços a percorrer em Trás-os-Montes

Passadiços em Pitões das Júnias

Este passadiço fica na região transmontana do Gerês, no concelho de Montalegre, e está incluído no trilho que vai desde a Aldeia de Pitões até a um miradouro que o vai surpreender com uma imponente cascata, digna de um verdadeiro Reino Encantado.

A Aldeia de Pitões das Júnias é das mais genuínas e mais altas de Portugal, a 1200 metros de altitude, muito ancestral, cheia de tradição e história. A paisagem está repleta de magníficas montanhas em redor da Aldeia.

O trilho tem pouco mais de 4 km, podendo ser realizado até com crianças. O passadiço em Pitões das Júnias é um dos passadiços em Trás-os-Montes que se encontra em muito bom estado, uma vez que foi recentemente recuperado.

Durante a caminhada pode contar com paisagens pitorescas, campos agrícolas bem cuidados, hortas, gado, carvalhais, bosques ajardinados e esta linda aldeia de casas de pedra envolta dos penedos. Mas neste passadiço há muito mais a ver.

Durante o percurso encontrará um Mosteiro do século XII. As ruínas do Mosteiro de Santa Maria das Júnias dão um misticismo particular a este lugar.

Por aqui o som é relaxante, pode-se ouvir o percurso da água de pedra em pedra. O Ribeiro de Pitões percorre este caminho sinuoso e os desníveis do terreno formam várias quedas de água.

Chegando ao miradouro, surge uma cascata verdadeiramente imponente com uma queda de água de 30 metros de altura, que parece rasgar os penedos da montanha. Pode ainda apreciar um carvalho centenário que ao longo dos séculos tem sido alvo de várias lendas locais. Há quem acredite que ali viveu um duende.

Passadiços do Tinhela

Um dos passadiços em Trás-os-Montes onde pode caminhar com total conforto e segurança é o de Tinhela, em Murça. Inaugurados em 2022, formam uma rota circular de pouco mais de 6 Km, que se inicia no Parque Natural Regional do Vale do Tua.

Estes passadiços permitem contemplar a beleza natural das margens de um dos rios mais bem preservados da Europa, o Rio Tinhela. A riquíssima flora e fauna são deslumbrantes e as paisagens idílicas.

Há também uma parte mais urbana, onde pode ter contacto com a cultura da região. Neste lugar de Trás-os-Montes pode visitar a Oficina Criativa de Turismo, a Adega Cooperativa de Murça, a praceta Soldado Milhões, a Porca de Murça, o antigo Convento de freiras, a Igreja Matriz e o Pelourinho Manuelino. Para além disso, pode conhecer de perto o comércio local e as riquezas da região de Murça, como o vinho, o mel e a castanha.

Passadiços do Corgo

Estes passadiços em Trás-os-Montes ficam na cidade de Vila Real, capital de distrito (e sede da Goldenergy). Os Passadiços do Corgo permitem agora chegar a lugares onde antes era quase impossível o acesso. Inicia-se na Rua da Guia, entrando pelo beco da Represa.

Trata-se de um pequeno vale de encostas escarpadas, nas margens do rio Corgo, onde se pode apreciar a incrível biodiversidade destes lugares até agora secretos. São quase 1000 metros de extensão.

A paisagem da região é marcada pelas margens enfeitadas com as suas vinhas, um observatório de aves e o canto da água entre as rochas.

Ao longo do percurso, fará ainda a travessia do rio pelo açude centenário da conhecida central hidroeléctrica do Biel, que cessou a sua atividade em 1924. E aqui apreciará também uma linda Cascata com o mesmo nome.

Contará com algum caminho térreo sem passadiço mas que não perde encanto. Por aqui, a biodiversidade e o chilrear da passarada são inspiradores. No final do passadiço, seguirá pelo Caminho dos Moinhos onde encontra algumas habitações, e termina no Museu da Vila Velha.

Este Vale com encostas escarpadas e um rio em plena cidade de Vila Real, permite ainda visitar alguns encantos do centro urbano. Nesta região de Trás-os-Montes pode visitar o Edifício dos Paços do Concelho e a Casa de Família de Camilo Castelo Branco.

Passadiços dos Moinhos de São Lourenço

Este passadiço fica em Chaves. Está incluído num percurso circular de 9,6 km, que pode ser feito em família. Tem início junto ao painel informativo da Aldeia de São Lourenço e vai em direção à Aldeia de Cela.

Durante o percurso, pode conhecer a Igreja de Nossa Senhora das Neves e ter vistas fantásticas para o amplo vale da cidade de Chaves. Uma ponte medieval e uma ponte romana também fazem as maravilhas desta caminhada. Descendo para os passadiços em madeira, poderá apreciar os antigos Moinhos nas margens ribeirinhas e uma bela paisagem com cascatas e rica vegetação.

Se prosseguir no percurso, ainda poderá apreciar a Capela da Nossa Senhora dos Aflitos e subir por uma calçada romana, onde acabará por chegar à mesma Aldeia onde começou. Mas ainda antes, na zona de Eiras, encontrará a Casa Assombrada, uma casa dos anos 50 na “Quinta dos Dórias”, simplesmente misteriosa, que desperta a curiosidade de muitos.

Mas há mais que visitar nesta bela cidade de Trás-os-Montes: não deixe de conhecer as Termas de Chaves, conhecidas pelas suas águas de sabor e aroma únicos, com poderes terapêuticos milenares.

Passadiços do Côa

Em Vila Nova de Foz Côa, estes passadiços têm 930 metros de extensão e fazem a ligação entre o Museu do Côa e a Estação Ferroviária desativada voltada para o Rio Douro. Em relação à paisagem, não encontrará nada parecido noutro lugar do Mundo: o serpentear do rio Douro e os seus terrenos em socalcos são qualquer coisa de extraordinário. São mais de 800 degraus e um desnível de mais de 150 metros. Conta com um desnível de 160 metros e cerca de 890 degraus, por isso como esta zona é muito seca e quente no Verão, o melhor é escolher o período da manhã, nestas alturas do ano.

Passadiços do Fervença e Castelo

Estes passadiços encontram-se em plena cidade de Bragança e compõem um corredor verde que acompanha o Rio Fervença. O segundo troço do corredor segue pela zona dos Batoques até ao Castelo, junto ao Parque de Merendas e próximo da Ponte de São Jorge. Ao longo do percurso pode atravessar de uma margem para a outra, através de 4 pontes de ferro. Neste passeio pode contar ainda com um Parque Infantil, uma esplanada, a Casa do Mel e um antigo Moinho de água. Os Castanheiros, o Olival, as Aves e as eventuais Lontras também são atrativos deste percurso pedestre para os visitantes.

Passadiços do Tua

Nestes passadiços em Trás-os-Montes conta com dois rios, o rio Tua e o rio Douro, e ainda duas linhas de caminhos de ferro antigas e históricas envoltas pelas lindas paisagens do Alto Douro Vinhateiro. Estes passadiços da Foz-Tua permitem um lindo passeio pelas margens ribeirinhas. Poderá ainda visitar uma antiga casa dos cantoneiros que foi reabilitada para divulgar os vinhos e as maravilhas de Carrazeda de Ansiães.

Ao continuar pela linha do Tua, pode ainda apreciar a Ponte de Edgar Cardoso, a Ponte e Túnel das Presas e ainda uma Hidroelétrica com a sua barragem e edifício. Encontrará também o CIVT (Centro Interpretativo do Vale do Tua). Pode ainda petiscar, à beira rio, as deliciosas Enguias ou “peixinhos do rio”.

Passadiços junto ao Rio Beça

Estes passadiços localizam-se no belo e grande parque de Boticas, junto ao rio. São perfeitos para um passeio em Família. Para além da beleza natural do lugar, pode contar ainda com animais da quinta, pesca desportiva, um parque infantil e um bar de apoio.

A vasta mata do Rio Beça foi recuperada, regenerando toda a parte vegetal natural e carvalhais, preservando e protegendo os habitats, contribuindo para uma importante manutenção da biodiversidade.

O que visitar em Trás-os-Montes

Este Reino Encantado foi já contemplado por muitas civilizações, tornando esta região cheia de história e tradição. E por isso há muito mais que visitar em Trás-os-Montes. Confira algumas sugestões:

Palácio de Mateus

O Palácio de Mateus fica em Vila Real, uma construção da primeira metade do séc. XVIII e é considerado monumento nacional. Com traço de arquitetura barroca, destaca-se a majestosa biblioteca no seu interior, onde se encontra a célebre edição ilustrada dos Lusíadas de Luís de Camões. Também foi neste belo monumento que se inspirou a conhecida marca de vinhos Mateus Rosé.

Castelo de Algoso

Um lugar especial de Trás-os-Montes é o Castelo de Algoso, uma fortaleza medieval, onde parte dela ainda subsiste neste Reino das Maravilhas, mais concretamente em Vimioso, distrito de Bragança. Este castelo serviu de fortaleza nas guerras com Leão.

Ponte da Misarela

Uma ponte da idade média, que fica às portas do Parque Nacional da Peneda Gerês e que atravessa o rio Rabagão. Esta ponte suscita curiosidade por parte de muitos visitantes, também por estar envolta em lendas. Muitos chamam-na de Ponte do Diabo, por num dia um homem que fugia às autoridades ter invocado o diabo para o ajudar a atravessar o rio, prometendo-lhe a sua alma e de imediato ter surgido a ponte da Misarela. Outros chamam de Ponte da Fertilidade, por existirem crenças pagãs relacionadas com mulheres que não conseguiam levar a gravidez até ao fim.

Gravuras Rupestres de Mazouco

Estas gravuras podem ser vistas na localidade de Mazouco, no município de Freixo de Espada à Cinta. São dos mais importantes vestígios do Paleolítico em Portugal. As gravuras encontram-se em parede xistosa, sendo que a mais nítida é um Cavalo, considerada das mais belas na arte rupestre ao ar livre em todo o Mundo.

Se é apaixonado por caminhadas, um apreciador das riquezas naturais e se interessa pela cultura e história, comece agora a explorar estes incríveis passadiços em Trás-os-Montes e as maravilhas desta região de Portugal.

E não se esqueça, a Goldenergy está em todo o país, sempre presente!

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

À procura de dicas para poupar no consumo do forno elétrico? Prepare os seus melhores cozinhados sem desperdiçar energia e dinheiro.
Vamos carregar carros elétricos com painéis solares? Baixe os seus consumos, poupe mais nas faturas e, claro, seja amigo do ambiente.
Na dúvida sobre como reciclar eletrodomésticos em final de vida? Contamos-lhe tudo o que precisa de saber sobre o tema.

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...