11 destinos de turismo sustentável em Portugal: escapadinhas verdes
Goldenergy,

11 destinos de turismo sustentável em Portugal: escapadinhas verdes

Tabela de conteúdos

Já reparou que quase nunca pensamos no impacto ambiental das nossas deslocações para alguns dias de descanso? Basta fazer algumas perguntas a si mesmo(a): faz a separação do lixo em casa? E nas férias também o faz, ou merece um descanso dos cuidados com o planeta?

Atualmente, vemos vários especialistas debruçarem-se sobre o conceito de turismo sustentável. Estes estudam não só formas de diminuir o impacto sobre o ambiente, como de gerar mudanças positivas sobre os ecossistemas.

Neste artigo vamos explicar o que é o turismo sustentável e dar exemplos de destinos de turismo sustentável em Portugal. 🙂

Partilhar dicas como estas é ir ao encontro dos nossos princípios. Afinal, a Goldenergy é uma empresa que acredita que o amanhã se constrói hoje. Com pequenas atitudes sustentáveis transformamos o nosso dia a dia e construímos o mundo de que precisamos.

O que é o turismo sustentável?

A Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (OMT/UNWTO) afirma que o turismo sustentável é aquele que considera os atuais e os futuros impactos económicos, sociais e ambientais da atividade turística.

Ou seja, uma prática turística sustentável considera as necessidades do meio ambiente, das pessoas e da economia local. Hóspedes que dão preferência a alojamentos que não invadem o espaço dos locais; turistas que limpam as praias que visitam; caminhantes que replantam as árvores que crescem no chão que pisam; clientes que compram produtos dos pequenos mercados geridos pelos habitantes locais.

O turismo sustentável é feito por turistas e organizações que fazem a prática turística valer a pena não só para si próprios, mas para o todo em que se inserem.

E há mais: há princípios do turismo sustentável que devem ser apresentados em detalhe.

Quais são os princípios do turismo sustentável?

Como referimos, um projeto de turismo sustentável deve ser uma atividade geradora de valor social, económico e ambiental.

Porque a sustentabilidade é um conceito que engloba mais do que o respeito pelo ambiente, mas também a ideia de que é possível evoluir economicamente ao mesmo tempo que se respeita a comunidade e a natureza.

Nesse sentido, um projeto de turismo sustentável deve promover os seguintes princípios:

  • o respeito pela comunidade local – cada comunidade tem a sua própria identidade, que tem como base as suas heranças culturais e os seus valores tradicionais. Um bom exemplo de turismo sustentável é aquele que defende a tolerância e a convivência entre culturas;
  • o uso adequado dos recursos ambientais – um turismo rural sustentável, por exemplo, irá incentivar a manutenção da biodiversidade local e a conservação da riqueza natural do território. Por exemplo: um ecoresort cujas instalações sejam construídas em harmonia com a vegetação local;
  • justiça socioeconómica – um turismo sustentável promove o desenvolvimento local e investe nas pessoas, não nos grandes negócios. Este turista dá preferência aos pequenos produtores, aos restaurantes locais e a outros microempreendedores, pois sabe que o dinheiro que circula entre estas pessoas contribui para a redução da pobreza.

O Turismo é um dos setores da economia que mais cresceu no mundo e corresponde a 10% do Produto Interno Bruto (PIB) e a 1 em cada 11 empregos em todo o mundo.

É urgente que esses princípios não fiquem apenas no papel, pois a prática turística, de modo geral, tem vindo a tornar-se cada vez mais relevante a nível global.

Portugal e o turismo sustentável

Ao analisar o Índice de Turismo Sustentável da Euromonitor International, que tem como objetivo estimular os destinos e empresas de viagens a adotarem modelos de turismo mais sustentáveis, vemos boas notícias quanto ao desempenho de Portugal nos projetos de turismo sustentável.

O Índice analisou 99 países considerando as sete categorias nas quais assentam o turismo sustentável: a sustentabilidade ambiental, social e económica, o risco/país, a procura por turismo sustentável, os transportes e o alojamento.

Os 20 países com melhores resultados são europeus, sendo que a Suécia está em primeiro lugar e Portugal no último. Bom… Pelo menos estamos nos top 20, certo? 😊

Mas há mais pódios dos quais devemos orgulhar-nos. A Green Destinations é uma instituição sem fins lucrativos para o desenvolvimento e reconhecimento de destinos sustentáveis. No seu top 100 de destinos sustentáveis, que inclui sítios de todo o mundo, lá estamos nós. Aparecemos 11 vezes! Uau, certo? 😀

São projetos de turismo sustentável em diferentes cantos de Portugal que receberam o devido reconhecimento por trazerem benefícios para as comunidades locais.

Se ainda não conhece estes 11 sítios, pode descobrir um pouco mais sobre ele agora.

11 destinos para turismo sustentável em Portugal: vamos fazer as malas?

Uma prática turística pode ser considerada sustentável por diversos fatores, sobretudo aqueles relacionados com o desenvolvimento social, ambiental e económico dos locais.

Há, portanto, diversos tipos de turismo sustentável. Apresentamos os 11 destinos sustentáveis portugueses mais relevantes, segundo a Green Destinations.

1. Arouca

Arouca é um município que pertence à região do Porto. A Green Destinations considera que o Arouca Geopark tem características únicas a nível natural e cultural. Ou seja, uma combinação essencial para o turismo sustentável.

As atrações de destaque são os Passadiços do Paiva, as trilobitas gigantes de Canelas, a Serra da Freita e o Mosteiro de Arouca. Recentemente foi construída sobre o rio Paiva a mais longa ponte pedonal do mundo, a Ponte 516 Arouca. Imperdível!

2. Águeda

Águeda é uma cidade que pertence à região de Aveiro e que é internacionalmente conhecida pela rua coberta por chapéus de chuva coloridos.

Mas há mais arte: o festival de arte AgitÁgueda dinamiza o panorama cultural da cidade e atrai milhares de visitantes de todo o mundo. Sem falar no roteiro de arte urbana, que conta com mais de 30 instalações permanentes.

Águeda é uma cidade predominanetemente verde, com uma variedade de parques fluviais e com uma das mais belas lagoas naturais da Península Ibérica, a Pateira de Fermentelos.

3. Açores

O Arquipélago dos Açores é composto por nove ilhas vulcânicas em pleno Oceano Atlântico. Ou seja, uma riqueza geológica de grande destaque por si só.

Há lá muitas atividades para quem gosta de aventura: caminhos repletos de paisagens verdes para os apreciadores do trekking, campos de golfe pouco explorados, águas termais para banhos de relaxamento, práticas de canoagem e muitas atividades típicas de um turismo rural sustentável.

4. Cascais

Cascais e a sua linha de comboio costeira são destinos obrigatórios para os estrangeiros que vêm conhecer Portugal.

Está a apenas 25km de Lisboa, beneficia de um clima ameno durante todo o ano e, portanto, é conhecida como a Riviera Portuguesa.

Esta cidade costeira é muito arborizada e é o espaço perfeito para as práticas de desportos náuticos, como surf e caiaque, além de boas tardes a jogar golfe.

5. Dark Sky Alqueva

O Dark Sky® Alqueva é um destino de observação de estrelas criado em 2007 e que é classificado como “astroturismo”.

Alqueva é uma freguesia localizada na região do Alentejo conhecida pelas belas planícies e por um cenário perfeito para a observação das estrelas.

A missão de proteger o céu noturno consiste em combater o desperdício de energia através da poluição luminosa, que tem impacto negativo sobre a saúde humana, o ambiente e os ecossistemas.

O turismo sustentaável do Dark Sky® Alqueva já recebeu imensos prémios pelo seu conceito e trabalho.

6. Lagos

Lagos é uma cidade costeira localizada na região do Algarve e famosa pelas suas espetaculares falésias e praias.

Por atrair milhares de turistas todos os anos, a cidade alia modernidade e tradição, a contemporaneidade e o legado.

É possível visitar Lagos de bicicleta ou a pé, uma vez que há vários percursos pela cidade e pela costa, como as passadeiras da Ponta da Piedade. Destaque também para as belezas da Mata Nacional do Barão de São João.

7. Torres Vedras

Torres Vedras está localizada na região de Lisboa e é frequentemente associada ao carnaval. Mas quando falamos do turismo sustentável, há mais motivos para a considerar um excelente destino.

Tem 20 km de costa, um rico património histórico e uma gastronomia diversificada. O seu litoral destaca-se pelas praias de areia fina e dourada (destaques para a Praia Azul e a Praia Santa Rita) e pelos rios Sizandro e Alcabrichel com águas termais.

8. Serras do Socorro e Archeira

Estas estão muito próximas de Torres Vedras. A Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira é visita obrigatória para aqueles que adoram aprender mais sobre história, natureza e desporto.

Afinal, dispõe de caminhos e eco trilhos que percorrem as serras e uma pista downhill. Tem umas vistas espetaculares que tornam a sua paisagem ainda mais cativante.

9. Sintra

A 30 minutos de comboio de Lisboa, Sintra é uma cidade envolta numa névoa de belezas e mistérios.

As suas montanhas são arborizadas, o que confere um clima fresco e ameno durante todo o ano. Além disso, a riqueza de vegetações e pontos históricos a conhecer e explorar fazem desta uma das cidades mais mágicas de Portugal.

Destaque para a Quinta da Regaleira e o inusitado Poço Iniciático.

10. Região Oeste

A região oeste de Portugal é marcada pelas belezas costeiras, pela gastronomia diversificada e pela força da arte local.

Há diversas praias a explorar, como as localizadas nas cidades da Nazaré e de Peniche, que são famosas internacionalmente pelas suas ondas gigantescas.

Destaque para os patrimónios históricos de Óbidos, o legado pré-histórico da Lourinhã e os vinhos de alta qualidade de Arruda dos Vinhos.

11. Alto Minho

O turismo sustentável no Alto Minho só é possível devido à combinação entre as paisagens naturais e os patrimónios históricos.

A florida cidade de Braga, o castelo de Guimarães (onde nasceu Portugal), os legados da época do império romano e a forte tradição e comércio locais permitem à região ser o destino de milhares de turistas todos os anos.

Agora que já tem o roteiro dos 11 spots de turismo sustentável em Portugal… Já lhe apetece fazer uma escapadinha? 🙂

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Mude para a Goldenergy para perceber porque é que somos a comercializadora de eleição de centenas de milhares de portugueses....
Neste artigo, vamos falar sobre a tarifa tri-horária, aquela que divide o seu consumo de eletricidade em três tarifas, mais...
Já alguma vez analisou o seu tarifário de eletricidade? Será a tarifa bi-horária a mais acertada para si? Está a...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Member Get Member e saiba como...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...