Vivemos numa era dominada pela tecnologia, onde as pilhas estão presentes no nosso dia a dia: dos relógios ao rádio, passando pelo comando do televisor, muitos dos equipamentos eletrónicos que usamos diariamente são alimentados por esta pequena fonte de energia portátil.

Mas quando chega a hora de as descartar, a preocupação cresce. E porquê? A resposta é simples: apesar de 99% das pilhas serem recicláveis, a realidade é mais dura e a grande maioria não é reciclada como devia ser.

Segundo o portal Onde Reciclar, foram vendidas 191 mil toneladas de pilhas em toda a União Europeia, em 2018. E sabe quantas foram devidamente recicladas? Apenas 88 mil toneladas. 😮

Estes dados vão deixá-lo alerta quando perceber como a reciclagem incorreta de pilhas afeta negativamente o planeta e a saúde pública.

Por isso, se quer saber onde depositar pilhas usadas, continue a ler o artigo. Aqui vai ficar a par dos lugares onde se pode dirigir para deixar as pilhas que já não têm utilidade.

Quanto é que as pilhas poluem?

Aparentemente inofensivas, as pilhas têm um enorme impacto negativo no planeta de cada vez que não as recicla corretamente.

Sabia que só uma pilha demora 100 anos a decompor-se? Pois é, e são compostas por materiais perigosos, entre eles o mercúrio, chumbo e cádmio. E juntos são capazes de poluir o meio ambiente numa escala que talvez não imaginasse.

Mas não é só. Há consequências também para a saúde humana como problemas no sistema neurológico ou nervoso, por exemplo.

Sempre que uma pilha é depositada num aterro sanitário convencional, os materiais tóxicos que a constituem acabam por contaminar o solo e os efeitos disso demoram mais de 50 anos até desaparecerem por completo. Sabia disso?

Estas pequenas fontes de energia portáteis têm um impacto ambiental negativo que, possivelmente, ainda não tinha calculado. Por isso, da próxima vez que não souber onde colocar as pilhas usadas, lembre-se destes dados e de como uma pequena ação pode ter um significado tão importante para o futuro. 😉

Aliás, o ideal seria optar por não usar aparelhos que precisam de pilhas. Hoje em dia, já existem opções com recurso à energia solar, diretamente ou através de outra fonte. Porque não começar a fazer esta transição?

Onde depositar as pilhas usadas

Chegou a hora de responder à grande questão: afinal, como deve ser feita a recolha de pilhas usadas?

Então, as pilhas usadas podem ser entregues no Ponto Electrão. Se não sabe onde encontrar um perto de si, não se preocupe. Aqui pode ver o ponto de recolha mais próximo de onde vive. O serviço é gratuito. Só precisa de recolher todas as pilhas que já não usa e entregá-las para que possam ser tratadas corretamente.

Se por acaso não tem nenhum ponto de recolha muito próximo, saiba que há mais alternativas. Cada concelho dispõe de ecocentros, lugares para onde são encaminhados todos os resíduos recicláveis, mas que não são embalagens e, por isso, não podem ser colocados nos ecopontos habituais. Este serviço também não tem custos. Basta dirigir-se ao local e entregar as pilhas de que já não precisa.

Os ecopontos para pilhas – os pilhões – também podem ser uma alternativa mais prática, talvez. Habitualmente, nos ecopontos espalhados pelas cidades, já deve ter reparado numa caixa vermelha colocada na estrutura dos ecopontos. Se vir bem, consegue ler que aquele é o local onde deve colocar pilhas usadas, em vez de os deixar nos ecopontos verde, amarelo ou azul. Ou no lixo indiferenciado.

Algumas lojas de equipamentos eletrónicos e supermercados, por exemplo, também disponibilizam programas de recolha de pilhas, para garantirem que não são deixadas no lixo comum. Não só estão a contribuir para a preservação do meio ambiente, como a consciencializar os consumidores para a importância da reciclagem destes resíduos.

Não são raras as vezes que algumas organizações, escolas ou empresas, por exemplo, levam a cabo campanhas de sensibilização para a reciclagem. Ao longo da campanha, acabam por disponibilizar um espaço temporário de recolha de pilhas usadas. Por isso, se estiver atento, pode optar por esta solução sempre que lhe for mais conveniente. Mas o mais importante é garantir que a recolha de pilhas usadas é feita adequadamente.

Escolher cuidadosamente onde depositar as pilhas usadas é um pequeno passo na direção de um mundo mais sustentável. Mas muito importante, como já percebeu a esta altura.

São as nossas decisões diárias, que por vezes parecem insignificantes, que têm o poder de criar um impacto duradouro no futuro do nosso planeta. Por isso, opte sempre por ter um impacto positivo todos os dias.

Na Goldenergy já estamos a fazer a nossa parte também. Estamos a trabalhar para um futuro com energia 100% verde. E mais de 400 000 famílias portuguesas estão connosco nesta missão. 😊