Goldenergy,

Compensa ter baterias nos painéis solares? Explicamos tudo

Índice

Esta é uma questão que nos colocam muitas vezes: compensa ter baterias nos painéis solares? Sabemos que o consumo da energia resultante da exposição solar tem alguns limites horários e que a energia que não é consumida é injetada na rede, por isso esta é uma questão tão comum.

Como queremos saber tudo sobre autoconsumo, energias renováveis e painéis solares, pedimos ao nosso especialista em NewEnergy, André Silva, que nos falasse mais sobre este tema. Aqui vai a resposta do André 🙂

Compensa instalar baterias com os painéis solares?

“Esta é uma das perguntas mais frequentes que me fazem e, a minha resposta direta é – financeiramente não!

Para não estar a falar do que não sei, eu tenho instalado 6 painéis solares em minha casa. Ainda os consegui instalar ao abrigo do Fundo Ambiental (programa Edifícios +Sustentáveis).

Instalei mais dois painéis do que o recomendado por duas razões:

1. Para acomodar o carregamento futuro de um veículo 100% elétrico;
2. Para majorar o apoio do fundo ambiental.

Olhando para os dados históricos de 2022 (desde 1 de janeiro até 1 de setembro), vejo que perdi (injetei na rede) 515 kWh, o equivalente a 64kWh / mês, ou 2,11 kWh por dia.

Se eu tivesse tido a oportunidade de armazenar toda essa energia, sem perdas, e consumido a mesma durante a noite (como tenho bi-horário, estou a pagar cerca de 0,1 €/kWh), teria poupado 51,5€ desde o início o ano (6,4€/mês). Se considerasse que ainda consumiria essa energia no período mais caro (na hora do jantar), a poupança seria, no máximo, o dobro (12,8€/mês).

Resumindo, a minha poupança seria de 153,6 € / ano.

Tendo em conta que uma bateria com 5kWh (a Huawei Luna 2000 – as mais comuns do mercado) tem um custo, aproximado, de 3.500€ (com IVA a 6%), eu conseguiria recuperar o investimento em 22 anos! Um tempo muito superior à vida útil da bateria (no máximo 10 anos com perda de capacidade inferior a 35%).

E tudo isto, sem considerar que poderei estar a vender o meu excedente de produção e assim, conseguir uma rentabilização extra.

Como nota final, deixo o exemplo de alguns países Europeus, como a Holanda e a Polónia, onde a política em vigor permite que uma parte da energia injetada na rede durante o dia possa ser descontada à energia consumida, num período de 24 horas.

Caso Portugal opte por avançar com uma medida semelhante, que na minha opinião seria muito recomendada, o investimento em baterias deixaria de fazer sentido.”

André Silva
Head of NewEnergy na Goldenergy

Obrigado André! 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Preocupado com as faturas da energia? Sabemos que nunca foi tão urgente pensar em formas de pagar menos pelos consumos...
Estes aparelhos representam uma das possíveis escolhas que podemos fazer para aquecer a água da nossa casa, no caso de...
A autonomia dos carros elétricos é, e tem razão de ser, uma das maiores preocupações de quem quer comprar um...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...