Goldenergy,

Um bairro solar faz toda a gente poupar. Sabe o que é?

Índice

O modelo energético de produção e consumo está em processo de mudança. Da mobilidade aos pequenos e grandes edifícios, da partilha à prática do autoconsumo, o mundo vive a transição energética, que já está a ter lugar nas cidades. Como forma de potenciar a descarbonização e promover a sustentabilidade, o bairro solar surge como uma grande inovação para as comunidades citadinas. Já sabe o que são estes bairros de energia positiva?

Os bairros solares fazem parte da tendência crescente de descentralização energética, que vem para romper com a tradicional centralização da produção energética – que pesa de forma negativa nos bolsos de todos e que provoca uma degradação nunca antes vista no meio ambiente.

Por muito que já se fale no assunto há anos, a realidade atual é que as medidas transitórias têm acelerado recentemente e estão a movimentar o setor, com especial força desde que passamos a assistir à revolução da digitalização dos últimos anos – que reduziu imenso, e continua a reduzir, os custos com as iniciativas renováveis.

Os bairros solares são o mote deste artigo de blog porque, já sabe, a Goldenergy adora o que é verde. 😀 Então… Vamos saber mais sobre este tema? Venha connosco. 😉

O que é um bairro solar, ou bairro de energia positiva?

Imagine como seria se toda a energia que precisa de consumir aí em casa, ou no trabalho,  pudesse ser produzida a partir do sol que, durante os dias, cobre de luz os nossos telhados e coberturas. Pense em como seria se todos os aparelhos eletrónicos – e até os sistemas de climatização – que utiliza pudessem ser alimentados a partir da eletricidade gerada de forma totalmente local e sustentável.

Agora, tente imaginar estes consumos à escala de uma grande área – como um condomínio ou um bairro. Nessa realidade, as casas e edifícios interagem e partilham eletricidade, realizando as devidas compensações entre si. O apoio é dado por meio de baterias para o armazenamento de energia. Há, ainda, uma estação de carregamento para veículos elétricos em que toda a comunidade pode fazer uma paragem para “abastecer”.

Existe, até, uma central que transforma, através de uma rede integrada, todos os resíduos produzidos num combustível chamado de biogás – que é gerado a partir da decomposição de matérias orgânicas de desperdício, quer tenha origem vegetal ou animal, e serve para aquecer ou arrefecer os interiores do edifícios.

A base de tudo isto é um tipo de sistema inteligente que consegue fazer uma previsão dos consumos para produzir e otimizar a energia. Ao final de, mais ou menos, um ano, a comunidade é capaz de gerar energia além do que precisa e, então, partilha com outros prédios e casas nos arredores – os chamados vizinhos do bairro de energia positiva.

Consegue visualizar o impacto positivo desta realidade? 😀 Embora pareça algo do futuro, e até acaba por ser, a verdade é que este modelo de produção e partilha energética já existe – no mundo e, também, em Portugal. 😉 E quem pode participar? Todos. 😉

Incrível, não é? E, para além de incrível, é possível. 😉

Estes são os chamados bairros de energia positiva, um novo modelo energético, mais flexível e eficiente, baseado em fontes renováveis, que nos aproxima da neutralidade carbónica e beneficia o planeta.  😉

Os bairros de energia positiva que seguem este modelo mais completo (e ainda complexo) de sustentabilidade em comunidade, com produção de combustível amigo do ambiente, estão prestes a acontecer. No entanto, já é possível criar os chamados bairros solares, ou aderir a um, para aceder à partilha de eletricidade renovável nas cidades.

Estes bairros solares são, hoje, tão importantes para as sociedades que até já integram as propostas da Comissão Europeia, no âmbito das medidas relacionadas com a transição energética das áreas urbanas.

A ideia é que, até 2050, quase metade da necessidade energética da Europa seja solucionada através deste tipo de iniciativas sustentáveis – seríamos, nessa altura, segundo estimativas da CE Delft (uma consultora ambiental internacional), quase 265 milhões de cidadãos a produzir a nossa própria energia elétrica. Este objetivo coloca-nos a todos, enquanto cidadãos, no centro do assunto – afinal, deixaremos de ser apenas consumidores para passarmos a ser, também, produtores.

O bairro solar já é uma prática em funcionamento e é sobre ela que vamos falar agora. Quer criar o seu ou aderir a um próximo de si? Então, tome atenção. 😉

Benefícios de um bairro solar para a sustentabilidade

De entre todas as maneiras de se obter energia elétrica, não restam dúvidas: a energia solar está entre as mais limpas e seguras de todas – para além de ser uma fonte abundante e acessível. Dito isto, é fácil chegarmos a uma conclusão genérica: o bairro solar é uma das grandes iniciativas mais amigas do planeta. Mas como? Porquê?

Vamos desvendar alguns pormenores. 😉

Para entendermos os benefícios do bairro solar temos de conhecer aquelas que são as principais vantagens de consumir energia renovável gerada a partir do sol – ou seja, a energia fotovoltaica. Vamos ver quais são? 😉

  • A energia solar não é poluente, logo, o bairro solar não gera mais poluição para o ambiente.
  • Os bairros solares produzem energia limpa e renovável para o autoconsumo de eletricidade – de proprietários e vizinhos.
  • São ótimas apostas para que se consiga reduzir o consumo tradicional de eletricidade nas cidades e, assim, seja possível combater alguns dos maiores problemas ambientais que estamos a enfrentar por causa dos nossos altos consumos de eletricidade.

Para além disso, os painéis solares que compõem o bairro de energia positiva têm baixa necessidade de manutenção, são fáceis de instalar e, como um todo, são estruturas capazes de atender a altas demandas – como, por exemplo, os edifícios e condomínios residenciais e as estruturas dos grandes comércios.

Quem pode ser um membro de uma comunidade solar

Já vimos que o bairro solar consiste na ideia de que existe uma comunidade de partilha de energia elétrica com origem numa fonte renovável, o sol. Vimos, também, que a produção dos bairros solares tanto pode beneficiar a sua comunidade local – e produtora -, como quem está à volta – os vizinhos.

E como funciona? É simples: vários painéis solares são instalados num local disponibilizado pela comunidade produtora. É aí que a energia passa a ser gerada e é, então, distribuída por todos – primeiro pelos produtores, depois pelos vizinhos. Como resultado do bairro solar, toda a gente poupa na fatura da luz, contribuindo para um amanhã mais verde – e para um “hoje” mais sustentável.

Até aqui, já entendeu que tanto pode ser um membro da comunidade produtora como um vizinho do parque solar. Mas como? Deixamos-lhe a resposta: se tem espaço disponível, pode criar um parque solar – e, muitas vezes, não tem qualquer custo com isso. Como produtor, recebe uma parte da energia gerada e pode convidar vizinhos que queiram aderir. Todos poupam.

Se, no entanto, não tem espaço disponível para a instalação do bairro solar – ou seja, dos painéis solares -, talvez seja o candidato ideal ao posto de vizinho. Só tem de encontrar o bairro solar mais próximo de si e pedir para aderir. Não faz qualquer investimento e beneficia de uma quantidade da energia que é produzida na instalação do produtor. A boa notícia é que o consumo desta energia é pago, por todos, com um desconto especial.

Ficou, tal como nós da Goldenergy, interessado em saber mais sobre as soluções de eletricidade para autoconsumo? As energias renováveis já estão disponíveis para si: fale com a Goldenergy sobre o assunto e, de certeza, vai encontrar uma solução perfeita para as suas necessidades de consumo – e para o seu bolso, claro. 😉

E, já agora, deixamos ainda um recado: se ainda não é um cliente Goldenergy pode aderir agora, sem mais perdas de tempo e sem desperdiçar dinheiro. 😀

Poupe realmente nas faturas se estiver a consumir da nossa energia – que é 100% verde, totalmente limpa e toda ela gerada a partir de fontes renováveis, como o sol, o vento ou a água. Temos tarifas incríveis para si e uma das nossas ofertas encaixa bem no que precisa. 😉

Estamos à sua espera. Até já! 😉

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quer aderir? Nós ligamos, grátis.

Deixe os seus dados para entrarmos em contacto consigo.

Poupe em casa e cuide do planeta escolhendo energia 100% verde.

Quer receber primeiro uma proposta? Simule e veja quanto vai poupar.

Artigos recentes

Já imaginou ter uma casa mais conectada, inteligente, eficiente e capaz de poupar recursos? Talvez um sistema de iluminação inteligente...
Apostou ou pretende apostar no autoconsumo fotovoltaico e quer calcular quanta energia produz um painel solar? Então, precisa de saber...
Estamos consigo de Norte a Sul de Portugal e, para chegar cada vez mais perto dos nossos clientes e futuros...

Mais lidos

Se ainda não é nosso cliente, agora vai querer ser. Conheça o nosso programa Campanha Amigo e saiba como ganhar...
Nos períodos de confinamento a recolha da leitura pelo técnico pode estar condicionada e é importante comunicar o consumo para...
Durante o mês de Novembro de 2020 o setor da energia assistiu a mais um importante passo na agilização de...